Áustria: André Ramalho deixa o Bayer Leverkusen e retorna ao Red Bull Salzburg

Após duas temporadas na Alemanha, brasileiro volta ao futebol austríaco onde jogou por cerca de quatro anos e meio e conquistou quatro títulos

Áustria: André Ramalho deixa o Bayer Leverkusen e retorna ao Red Bull Salzburg
André Ramalho retorna ao clube austríaco depois de passagem pelo futebol da Alemanha - Crédito: Divulgação

Da Redação
Salzburg, AUT, 27 de dezembro de 2017

André Ramalho está de volta ao clube onde é ídolo. O defensor de 25 anos acertou sua saída do Bayer Leverkusen para retornar ao Red Bull Salzburg, onde atuou por quatro anos e meio e conquistou quatro títulos. Após duas temporadas na Alemanha, onde disputou 28 partidas pelo Leverkusen e 20 jogos pelo Mainz, o brasileiro assinou contrato até o fim de maio de 2022 e já foi apresentado pela equipe austríaca.

“Estou muito feliz por voltar ao clube onde me sinto em casa, tenho muitos amigos e vivi um bom período da minha carreira. Tive uma experiência muito bacana de jogar a Bundesliga e a Champions, mas queria atuar com mais regularidade e quando surgiu a chance de retornar ao Salzburg não pensei duas vezes”, declarou.

André Ramalho construiu boa parte da sua carreira na Europa. Em 2009, tornou-se jogador profissional defendendo o RB Brasil, de Campinas. Dois anos depois, aos 18, o jovem, que começou a carreira como meio-campista, foi transferido para a unidade austríaca da mesma franquia, o RB Salzburg.

Na Áustria, chegou a ser emprestado para o FC Liefering e USK Anif, times mantidos pelo RB Salzburg para o desenvolvimento de novos talentos. Quando retornou de forma definitiva, em 2013, fez parte de equipes vencedoras, conquistando o bicampeonato Austríaco (2013/2014 e 2014/2015) e o bi da Copa da Áustria (2013/2014 e 2014/2015).

Até se transferir para o Bayer Leverkusen, em 2015, André Ramalho chegou a disputar 99 jogos pelo Red Bull Salzburg, marcou nove gols e deu duas assistências. “Estou ansioso para entrar logo em campo e fazer a minha 100ª partida com a camisa do Salzburg. Volto com o desejo de conquistar títulos para aumentar, ainda mais, a minha já bonita história aqui”, finalizou o jogador, que havia retornado ao Bayer no início da temporada 2017/18 após atuar um ano no Mainz, também da Alemanha, por empréstimo.

 

Recomendadas