Copa das Confederações: Vice-campeão, Cláudio Bravo enaltece empenho da seleção chilena

Seleção do Chile foi superada na grande decisão pela Alemanha, que venceu o duelo por 1 a 0

Copa das Confederações: Vice-campeão, Cláudio Bravo enaltece empenho da seleção chilena
O goleiro Cláudio Bravo valorizou a campanha do Chile nesta edição da Copa das Confederações - Crédito: Divulgação / Fifa.com

Ulisses Carvalho
São Petersburgo, RUS, 02 de julho de 2017

Após a derrota para a Alemanha pelo placar de 1 a 0, o goleiro Cláudio Bravo demonstrou sua decepção com a derrota, e principalmente pelo fato dos chilenos terem maior posse de bola. Foram 61% contra 39% dos alemães, além do maior número de finalizações, 20 contra 8. O foco dos chilenos agora é a disputa das Eliminatórias Sul-Americanas.

“Estamos muito agradecidos por essa geração, entrega e raça. Não temos arrependimentos. Houve momentos em que nossas pernas não responderam, mas jogamos com nossos corações. Sabíamos que neste nível você não pode cometer erros, mas, novamente, sem arrependimentos”, declarou o goleiro Cláudio Bravo.

Em contrapartida, o técnico do Chile, Juan Antonio Pizzi, preferiu ressaltar o sentimento de tristeza do meio-campo Marcelo Diaz, que em uma falha no setor defensivo proporcionou o gol que deu o título à Alemanha da Copa das Confederações. Ele também lamentou as chances desperdiçadas.

“Marcelo [Diaz] está triste, assim como o resto da equipe. Mas é assim que ele joga e valorizamos a maneira como ele toca. Nós o apoiamos plenamente. Nós não fomos tão fortes quanto nós na Copa América Centenário, onde criamos ainda mais chances, mas lá marcamos. Hoje, não conseguimos fazê-lo”, concluiu.

Após a conquista do vice-campeonato da Copa das Confederações, o Chile volta suas atenções para a disputa da Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo da Rússia de 2018. Na quarta colocação com 23 pontos conquistados em 14 jogos realizados, os chilenos recebem no dia 31 de agosto, ainda sem horário e local definidos, o Uruguai, terceiro colocado com a mesma pontuação. Os quatro primeiros garantem vaga na Copa do Mundo.

Recomendadas