Copa SP: “É um campeonato que pode mudar sua vida da noite para o dia”, disse João Vitor, lateral do Flamengo (SP)

Com duas derrotas para AD Guarulhos (2 a 1) e Goiás (2 a 1), o Corvo se despediu desta edição da Copa São Paulo na terceira posição do grupo 29 com 3 pontos

Copa SP: “É um campeonato que pode mudar sua vida da noite para o dia”, disse João Vitor, lateral do Flamengo (SP)
João Vitor (esquerda) observa a construção da jogada da equipe do Goiás - Crédito: Paulo Manso

Antônio Boaventura
Guarulhos, SP, 09 de janeiro de 2018

Nem tudo está perdido. Apesar da eliminação precoce nesta edição da Copa São Paulo, João Vitor, lateral-esquerdo do Flamengo (SP), entende que disputar a principal competição de categorias de base é um privilégio, além de ressaltar que a popular “Copinha” pode mudar os rumos da carreira de um atleta em instantes. No derradeiro jogo do grupo 29 desta primeira fase, o Corvo perdeu, de virada, por 2 a 1 para o Goiás.

“Disputar uma Copa São Paulo é muito mais que apenas jogar futebol. É a realização de um sonho. É um campeonato que pode mudar sua vida da noite pro dia por ser um campeonato que envolve vários fatores dentro e fora de campo, onde o jogador vira protagonista e vende emoções para a arquibancada. Ou seja, a Copa São Paulo pode significar a Copa do Mundo para a categoria Sub-20”, declarou o lateral-esquerdo João Vitor.

No último ano, o defensor disputou sua primeira Copa São Paulo com a camisa do Independente da cidade de Limeira (SP). Em seu segundo ano na “Copinha”, o camisa 6 do Rubro-Negro guarulhense entende que o equilíbrio entre as quatro equipes – AD Guarulhos, Flamengo (SP), Goiás e Sete de Setembro (AL) -, foi a tônica do grupo 29. Entretanto, ele acredita que o time tinha condições de garantir sua classificação.

“Tínhamos condições de classificar até em primeiro. Mas, infelizmente dois vacilos custou a classificação. Porém, foi uma disputa muito equilibrada, onde as 4 equipes do grupo foram competitivas o tempo todo, embolando o grupo a todo momento e infelizmente não conseguimos alcançar o objetivo maior que era a classificação”, concluiu.

Depois de perder por 2 a 1, de virada, para o Goiás – gols de Juliano da Silva (Flamengo-SP), Rafael Silva e Thalles Reis (Goiás) -, o Flamengo (SP) encerrou sua participação na Copa São Paulo na terceira colocação do grupo 29 com 3 pontos conquistados em 3 jogos realizados. O Corvo venceu na estreia o Sete de Setembro (AL) por 1 a 0 e conheceu outras duas derrotas na sequência para AD Guarulhos e Goiás, ambas por 2 a 1.

Recomendadas