Especial: “O Palmeiras não pode perder para o Corinthians, é claro”, disse a palmeirense Carina Tassoni

Em dois jogos contra o maior rival neste ano, o Verdão levou a pior nos dois confrontos realizados pelo Paulista e Brasileiro

Especial: “O Palmeiras não pode perder para o Corinthians, é claro”, disse a palmeirense Carina Tassoni
Carina Tassoni lamentou as derrotas do seu Palmeiras para o Corinthians - Divulgação / Arquivo Pessoal

Da Redação
São Paulo, SP, 17 de julho de 2017

Ninguém gosta de perder, e isso ninguém pode negar. Palmeirense, Carina Tassoni, 21 anos, entende que não há nada pior para ela do que ver o Palmeiras, seu time de coração ser derrotado por seu maior rival, o Corinthians. No entanto, em dois confrontos entre as equipes neste ano, o Verdão levou a pior em duelos pelo Paulistão e o Brasileiro, e fez a torcedora lamentar mais forte os resultados.

“O Palmeiras não pode perder, lógico, que é para o Corinthians. Mas são três coisas, que classifico como aquela regra básica para tudo que queremos na vida de 3 F, e que não podem faltar. São elas: Foco, força e fé. O verde diz tudo. A esperança.”, explicou a palmeirense Carina Tassoni.

De acordo com ela, sua preferência pela equipe de Parque Antártica surgiu da herança de seus familiares. E para ela, torcer pelo Palmeiras é algo para ser levado muito a sério e sem espaço para qualquer tipo de contestação ou brincadeira. “Nasci em berço palmeirense. Vem de avô e meu pai. É um amor que não é abalado por brincadeiras, por piadas e nem qualquer zombamento”, disse Carina.

A jovem elegeu a partida contra o time do Mirassol, em embate válido pelo Campeonato Paulista deste ano, realizado na Arena Allianz Parque, em São Paulo (SP), no dia 22 de março, como seu jogo inesquecível. Aquela foi a primeira vez em que ela pode acompanhar de perto a equipe Alviverde. E pé quente, presenciou a vitória do Verdão por 2 a 0 com gols de Felipe Melo e Rafael Marques.

“É a melhor sensação da vida. Palmeiras meu Palmeiras. O jogo foi esse ano mesmo contra o Mirassol, e acho que por ser o primeiro jogo que eu fui, a emoção não se cabia dentro do peito. E o meu Verdão ganhou”, concluiu.

O Palmeiras disputa nesta temporada a Copa Libertadores, onde está na fase oitavas de final, Copa do Brasil, quartas de final, e o Campeonato Brasileiro. Na competição nacional, o Alviverde de Parque Antártica ocupa a quinta colocação com 22 pontos. No Campeonato Paulista, o Verdão acabou eliminado na fase semifinal pela Ponte Preta, que ficou com o vice-campeonato.

Recomendadas