Especial: Torcedora da Caldense, Kevelyn Oliveira aponta o futebol como mecanismo de influência social e econômica

Natural da cidade de Poços de Caldas (MG), a jovem estudante de odontologia tem como objetivo acompanhar uma partida do Periquito no estádio Ronaldo Junqueira

Especial: Torcedora da Caldense, Kevelyn Oliveira aponta o futebol como mecanismo de influência social e econômica
Além da relevância social do futebol, Kevelyn Oliveira espera ter a oportunidade de ver a Caldense jogar no Ronaldão - Crédito: Arquivo Pessoal

Antônio Boaventura
Poços de Caldas, MG, 13 de abril de 2018

Quando o assunto é futebol, a jovem estudante de odontologia, Kevelyn Oliveira, 22 anos, não tem dúvida sobre o que representa este esporte popular para o Brasil. De acordo com ela, esta modalidade tem forte influência no cotidiano das pessoas, além de ser mecanismo de movimentação econômica. Kevelyn também como propósito acompanhar pela primeira vez uma partida da Caldense no estádio Ronaldo Junqueira, o Ronaldão, em Poços de Caldas (MG).

“O futebol é um esporte que tem muita influência social e econômica no Brasil. Acho também que é um esporte mais masculino, até por que entendo que a sociedade em geral é machista. Mas, acho que as mulheres estão cada dia mais conquistando seu espaço no geral”, explicou Kevelyn Oliveira, estudante de odontologia.

Além do futebol, a mineira da cidade de Poços de Caldas (MG) revelou ser adepta a prática de modalidades esportivas voltadas a musculação. A mesma também ressalta que se mantem informada sobre as novidades do Periquito através do noticiário dos veículos de comunicação e dos populares comentários em relação ao time pela cidade.

“O sonho das meninas é ser modelo e dos meninos ser jogador de futebol. Já eu também tenho uma queda pela musculação. Mas acompanho sempre que posso as notícias do time pelo jornal ou o povo comentando pela cidade”, concluiu.

A Caldense encerrou sua participação na edição deste ano do Campeonato Mineiro na nona colocação com 13 pontos conquistados em 11 jogos realizados, retrospecto este que deixou o Periquito fora das fase quartas de final. Agora, o selecionado de Poços de Caldas (MG) volta suas atenções para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. A estreia está marcada para acontecer no dia 22 deste mês, ás 16h, no estádio Willie Davids, em Maringá (PR), contra o Maringá.

Recomendadas