K-League: Classificado com antecedência com Pohang, Alemão busca a vaga na Liga dos Campeões da Ásia

Mesmo faltando uma rodada para o encerramento da primeira fase do Campeonato Coreano, o Pohang está matematicamente classificado à próxima fase, onde apenas seis dos doze melhores avançam. E os três melhores disputarão a Champions

K-League: Classificado com antecedência com Pohang, Alemão busca a vaga na Liga dos Campeões da Ásia
Alemão foi campeão paulista com a camisa do Ituano, além de ganhar o Pernambucano e a Copa do NordesteCrédito: Divulgação / AV Assessoria

Da Redação
Pohang, KOR, 10 de outubro de 2018

Conquistas não faltam em sua trajetória no futebol. Por onde passou, o zagueiro Alemão foi vitorioso. De conquista do estadual mais valorizado do país, o Paulistão, pelo Ituano, até o pernambucano, a Copa do Nordeste e acessos. Agora a busca por marcar seu nome na história de um clube acontece lá do outro lado do mundo. Mais precisamente na Coreia do Sul, defendendo o Pohang Steelers.

Mesmo faltando ainda uma rodada das 33 inicias da K-League, o Pohang já está matematicamente classificado para a próxima fase, onde apenas os seis dos doze melhores avançam. O título não está mais em disputa, e ficou nas mãos do Jeonbuk Hyundai, que disparou e não pode mais ser alcançado.

Mas há algo extremamente importante ainda em disputa: uma vaga para a próxima Liga dos Campeões da Ásia, o torneio mais importante do continente. E só os três melhores conseguem. Atualmente o quarto na tabela, o Pohang, de Alemão, tem ainda o jogo final da primeira fase mais os cinco compromissos restantes que envolvem os top 6 da classificação.

“É a nossa grande meta com certeza. Tem muita gente que não sabe, mas aqui eles valorizam demais a disputa da Liga dos Campeões da Ásia. E o Pohang Steelers é justamente o maior vencedor de todos, com três títulos. Então vamos lutar muito para nesses últimos jogos somarmos o máximo de pontos, ficarmos entre os três melhores da K-League e disputarmos a Champions no próximo ano´´, salientou o defensor.

Completamente adaptado na Coreia do Sul, Alemão faz questão de valorizar o aprendizado não só individual, mas de toda sua família nessa nova experiência.

“É um país incrível. Claro que quando chegou a proposta eu fui buscar mais informações sobre a Coreia do Sul e vi que era um país extremamente educado e organizado, onde as coisas funcionam. Mas só tendo essa experiência, vivendo aqui todos os dias para realmente saber como é. Minha família está evoluindo muito em todos os aspectos. Meus dois filhos pequenos estão estudando, conhecendo outra cultura, aprendendo outras línguas. Só tenho que agradecer por tudo que estamos vivendo´´, finalizou o camisa 4 do Pohang Steelers.

 

Fonte: AV

 

Recomendadas