Libertadores: Após vencer no Brasileiro com reservas, Grêmio agora vai com força máxima encarar o Tucumán

Depois de derrotar o Paraná por 2 a 0, no último sábado (15/9), se mantendo dentro do G6 no Campeonato Brasileiro, o Tricolor gaúcho concentra total atenção para o primeiro duelo das quartas de final da Libertadores, terça-feira (18), na Argentina

Libertadores: Após vencer no Brasileiro com reservas, Grêmio agora vai com força máxima encarar o Tucumán
Mesmo com time reserva, o Grêmio não teve dificuldades para vencer o lanterninha Paraná ClubeCrédito: Divulgação / Grêmio

Da Redação
Porto Alegre, RS, 16 de setembro de 2018

O Grêmio enfrentou o Paraná, na Arena, no último sábado (15/9) e conseguiu se manter dentro do G6 do Campeonato Brasileiro. Com um time reserva, priorizando o primeiro duelo decisivo diante do Atlético Tucumán, pelas quartas de final da Copa Libertadores da América, na terça-feira (18), o Tricolor gaúcho venceu por 2 a 0, pela 25ª rodada.

Os gremistas imprimiram o seu ritmo na partida, pressionando por muitas vezes os paranaenses. Apesar de maior posse de bola e algumas oportunidades criadas, o marcador só foi aberto no segundo tempo. Aos oito minutos, Douglas assinalou o primeiro, em cobrança de pênalti. Aos 18, Alisson cruzou da direita na cabeça de Juninho Capixaba que, de dentro da área, mandou para o fundo da rede, encobrindo o goleiro: 2 a 0.

Com o resultado, o Tricolor soma três pontos, chegando 44 na tabela, ocupando momentaneamente a quarta posição no Campeonato Brasileiro.

Agora, com a sua parte feita em grande estilo no Brasileiro, o Grêmio, atual campeão da Libertadores, vai atrás de mais um título. Trazer bom resultado da Argentina, com força máxima, é o grande objetivo do técnico Ricardo Gaúcho.

“O Grêmio está pronto. Tem sua maneira de jogar, independente da competição e do local da partida. Eles precisam do resultado. Quem está jogando em casa é o Tucuman. Vamos tentar trazer para Porto Alegre o menos possível de encrenca. Buscar bom resultado lá. Não tem jogo fácil, deu para ver contra o Estudiantes´´, destacou Renato.

Na Argentina, o Grêmio não terá os centroavantes Jael e André, machucados. Luan pode atuar improvisado no setor, abrindo espaços, com a entrada de um homem de marcação no meio. Porém, Renato não antecipou a escalação. A única certeza é que o veterano Léo Moura, que enfrentou o Paraná, nem viajou para Argentina.

A partida do Grêmio contra o Tucumán será na terça-feira (18), às 21h45, no estádio Monumental José Fierro, na Argentina. O jogo de volta está acontece no dia 2 de outubro, na Arena, em Porto Alegre.

Recomendadas