Rússia 2018: Após eliminação, técnico da Tunísia pede desculpas ao torcedor por goleada sofrida da Bélgica

Com duas derrotas consecutivas na Copa do Mundo da Rússia, tunisianos deixaram a luta pela classificação à próxima fase do Mundial de seleções

Rússia 2018: Após eliminação, técnico da Tunísia pede desculpas ao torcedor por goleada sofrida da Bélgica
A Tunísia, do técnico Nabil Maaloul, encerra sua participação na Copa do Mundo da Rússia diante do Panamá - Crédito: Divulgação / FIFA.com

Antônio Boaventura
Moscou, RUS, 23 de junho de 2018

A Tunísia entrou em campo com a obrigação de conquistar os três pontos diante da badalada seleção da Bélgica para que pudesse se manter em condições de continuar na briga por uma das duas vagas do grupo G a fase oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia. No entanto, a goleada sofrida por 5 a 2 – gols de Romelu Lukaku, em duas oportunidades, Hazard, em duas oportunidades, e Batshuayi marcaram para os bélgas, enquanto Bronn e Khazri balançaram as redes do goleiro Courtois -, eliminou os tunisianos do mundial ainda na primeira fase.

No primeiro confronto da Tunísia nesta atual edição da Copa do Mundo, o selecionado do técnico Nabil Maaloul perdeu para a Inglaterra, campeã mundial em 1966, pelo placar de 2 a 1 com um gol de Harry Kane, que também marcou o outro gol dos ingleses, já nos acréscimos. Sassi marcou o gol de honra dos tunisianos naquele confronto. Sem chance de classificação, a seleção africana apenas cumpre tabela contra o Panamá na próxima quinta-feira, 28.

Em contrapartida, o técnico Nabil Maaloul afirmou que os tunisianos já estavam ciente das dificuldades que iriam enfrentar diante de ingleses e bélgas nesta primeira fase da Copa do Mundo. Contudo, Maaloul pede desculpas aos torcedores tunisianos pela campanha da seleção no mundial, e promete empenho e dedicação para que possa conquistar um melhor resultado na despedida da Rússia.

“Como esperado, foi um jogo muito difícil. Desde que fomos atraídos para este grupo, sabíamos que a Bélgica seria um adversário difícil. Gostaríamos de pedir desculpas aos torcedores tunisianos que foram numerosos no estádio hoje. No entanto, nós fizemos o nosso melhor e vamos tentar melhorar nosso desempenho no futuro”, concluiu.

Na 4ª colocação do grupo G da Copa do Mundo da Rússia com nenhum ponto conquistado em 2 jogos realizados, a Tunísia encara nesta quinta-feira, 28, ás 15h, na Arena Mordóvia, em Saransk, na Rússia, o Panamá, 3° colocado na chave com nenhum ponto ganho. A partida é válida pela 3ª rodada da competição internacional. Os dois primeiros colocados de cada grupo garantem vaga na próxima fase.

Recomendadas