Rússia 2018: Em derrota na estreia, Ricardo Gareca destaca apoio e presença da torcida peruana contra a Dinamarca

Com um gol de Yurary, aos 15 do segundo tempo, os dinamarqueses derrotaram a seleção do Peru pelo placar mínimo de 1 a 0, em Saransk, na Rússia

Rússia 2018: Em derrota na estreia, Ricardo Gareca destaca apoio e presença da torcida peruana contra a Dinamarca
Antes de assumir o comando técnico da seleção do Peru, Ricardo Gareca treinou o Palmeiras - Crédito: Divulgação / FIFA.com

Antônio Boaventura
Saransk, RUS, 16 de junho de 2018

De volta a uma disputa de Copa do Mundo depois de 36 anos, o Peru teve a missão de encarar a Dinamarca, que assim como os peruanos, estão no Mundial da Rússia após passar pela repescagem. Apesar da grande festa, os sul-americanos não conseguiram o triunfo, mesmo apresentando certa superioridade técnica, e deixaram a cidade de Saransk (RUS) com a derrota por 1 a 0, gol de Yurary. Já Ricardo Gareca, técnico do Peru, valorizou a presença e o apoio da torcida peruana em solo russo.

Mas, a história daquela inédita partida em Copas do Mundo poderia ter sido escrita de uma forma diferente. Isso porque, o árbitro de vídeo entrou em campo novamente ao assinalar uma penalidade a favor dos peruanos nos minutos finais do primeiro tempo. Christian Cueva, meia do São Paulo, foi derrubado na área no lance do pênalti e se encarregou de fazer a cobrança. No entanto, o camisa 8 do Peru mandou longe do gol e manteve o placar em 0 a 0.

Na volta do intervalo, a Dinamarca voltou mais disposta e em uma jogada de contra-ataque definiu o jogo com um gol de Yurary. Entretanto, o técnico Ricardo Gareca preferiu valorizar a qualidade técnica da Dinamarca naquele duelo, além de elogiar o apoio e a presença da torcida peruana em solo russo. De acordo com ele, esses são aspectos que aumentam a responsabilidade da seleção do Peru diante dos próximos adversários nesta edição da Copa do Mundo da Rússia.

“Estávamos jogando contra a Dinamarca, que é realmente um ótimo time. Houve uma ótima atmosfera no estádio e isso significa que teremos que nos apresentar bem nos jogos. Sabíamos que teríamos um grande apoio, mas não achamos que muitas pessoas iriam viajar tão longe”, declarou o técnico Ricardo Gareca, que antes de assumir a seleção do Peru comandou o Palmeiras.

Na 4ª colocação do grupo C da Copa do Mundo da Rússia com nenhum ponto conquistado em 1 jogo realizado, o Peru encara nesta quinta-feira, 21, ás 12h, no estádio Central, em Ecaterimburgo (RUS), na Rússia, a França, 1ª colocada na chave com 3 pontos ganhos. A partida é válida pela 2ª rodada da competição internacional. Os dois primeiros colocados de cada grupo garantem vaga na próxima fase.

Recomendadas