Rússia 2018: José Pekerman atribui derrota da Colômbia para o Japão expulsão de Carlos Sanchez

Colombianos encaram na próxima rodada a seleção da Polônia em busca da reabilitação no grupo H da Copa do Mundo

Rússia 2018: José Pekerman atribui derrota da Colômbia para o Japão expulsão de Carlos Sanchez
Colombianos comemoram o gol marcado por Juan Quintero ainda no primeiro tempo - Crédito: Divulgação / fcf.com.co

Antônio Boaventura
Saransk, RUS, 19 de junho de 2018

A Colômbia não teve a estreia dos sonhos nesta edição da Copa do Mundo, que está sendo realizada na Rússia. Os colombianos foram superados nesta terça-feira, 19, na cidade de Saransk (RUS), por 2 a 1 pelo Japão – gols de Juan Quintero para os sul-americanos, enquanto Osako e Kagawa marcaram para os orientais. Já o técnico argentino Jose Pekerman entende que a expulsão de Carlos Sanchez influenciou no resultado.

No entanto, o confronto que abriu o grupo H do Mundial começou a todo vapor. Logo aos 3 minutos, o árbitro esloveno Damir Skomina assinalou pênalti contra a Colômbia em lance que Carlos Sanchez tentou evitar o gol japonês com a mão e acabou expulso. Na cobrança, Kagawa abriu o marcador. Juan Quintero empatou, de falta, minutos depois, mas no começo da etapa final Osako, de cabeça, fez o gol da vitória japonesa.

O comandante do selecionado da terra do café entende que o fato de atuar com um jogador a menos por quase todo o duelo prejudicou a atuação dos colombianos, isso por que Sanchez foi expulso logo aos três minutos de partida. O próximo adversário dos sul-americanos na Copa do Mundo será a Polônia.

“É difícil perder um jogador tão cedo, especialmente um tão importante. Apesar disso, voltamos no segundo tempo. Mas com o Japão tendo um jogador a mais foi muito difícil recuperar a posse de bola”, declarou o técnico argentino José Pekerman, que comanda a seleção da Colômbia.

Na 3ª colocação do grupo H da Copa do Mundo da Rússia com nenhum ponto conquistado em 1 jogo realizado, a Colômbia encara neste domingo, 24, ás 15h, na Arena Kazan, em Kazan, na Rússia, a Polônia, que faz sua estreia no Mundial nesta terça-feira, 19, diante de Senegal. A partida é válida pela 2ª rodada da competição internacional. Os dois primeiros colocados de cada grupo garantem vaga na próxima fase.

Recomendadas