Rússia 2018: Nabil Maaloul classifica como justa vitória da Tunísia sobre o Panamá na despedida da Copa do Mundo

Selecionado tunisiano encerrou sua participação nesta edição da Copa do Mundo da Rússia na 3ª colocação do grupo G

Rússia 2018: Nabil Maaloul classifica como justa vitória da Tunísia sobre o Panamá na despedida da Copa do Mundo
O técnico tunisiano Nabil Maaloul acredita que vitória na despedida da Copa do Mundo foi justa - Crédito: Divulgação / FIFA.com

Da Redação
Saransk, RUS, 28 de junho de 2018

Tunísia e Panamá entraram em campo nesta quinta-feira, 28, na Arena Mordóvia, em Saransk (RUS), apenas para cumprir tabela pelo grupo G da Copa do Mundo da Rússia. Melhor para os tunisianos que venceram a partida por 2 a 1, de virada, e terminaram sua participação na 3ª colocação da respectiva chave com 3 pontos conquistados em 3 jogos realizados.

Mas, o triunfo do selecionado tunisiano não foi dos mais fáceis. Isso por que o Panamá saiu na frente do placar por meio de um gol contra marcado por Meriah. Entretanto, os comandados do técnico Nabil Maaloul reagiram naquele confronto e viraram o marcador com Khazri e F. Ben Youssef.

Diante deste cenário, o técnico Nabil Maaloul entende que a Tunísia mereceu a vitória pelo futebol apresentado contra os panamenhos na despedida de ambas as seleções do Mundial da Rússia. Ele também revelou que os tunisianos estavam cientes de que poderiam ser a terceira força da chave que tinha também Bélgica e Inglaterra.

“O jogo de hoje foi uma merecida vitória para a Tunísia. Quando chegamos a este grupo sabíamos muito bem que a nossa melhor esperança seria vir em terceiro lugar neste grupo. É verdade que concedemos muitos gols, mas nós sofremos gols quando encontramos com adversários muito difíceis”, concluiu.

Depois de vencer por 2 a 1 o Panamá nesta quinta-feira, 28, na Arena Mordóvia, em Saransk (RUS), a Tunísia encerrou sua participação nesta edição da Copa do Mundo, que está sendo realizada na Rússia, na 3ª colocação do grupo G com 3 pontos conquistados. O selecionado africano marcou cinco gols na competição com Khazri, em duas oportunidades, Bronn, Sassi e F. Ben Youssef, e sofreu outros dois gols.

Recomendadas