Rússia 2018: Paulinho valoriza classificação da Seleção Brasileira e questiona críticos de seu futebol nos dois primeiros jogos

Volante do Barcelona (ESP) marcou o primeiro gol do selecionado comandado pelo técnico Tite na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, em Moscou (RUS)

Rússia 2018: Paulinho valoriza classificação da Seleção Brasileira e questiona críticos de seu futebol nos dois primeiros jogos
O volante Paulinho, que joga pelo Barcelona (ESP), abriu o placar na vitória de 2 a 0 do Brasil diante da Sérvia - Crédito: Lucas Figueiredo

Antônio Boaventura
Moscou, RUS, 27 de junho de 2018

Eleito pela FIFA como o melhor jogador em campo no confronto entre Brasil e Sérvia, o volante Paulinho, que defende o Barcelona (ESP), não gostou das críticas que vem recebendo por suas atuações com a camisa Canarinho na Copa do Mundo da Rússia. Ele marcou o primeiro gol da Seleção Brasileira na vitória por 2 a 0 sobre os sérvios no encerramento da primeira fase da competição. Nas oitavas de final, os brasileiros encaram o México, segundo colocado do grupo F.

“Hoje demos outro passo, queríamos nos classificar e conseguimos. Quanto aos dois primeiros jogos, depende de como você o vê. O Paulinho só vai bem quando marca, talvez seja assim que as pessoas o vêem. Minha preocupação é para ajudar a equipe, independentemente de marcar ou não, esse é o meu trabalho, ajudar a Seleção e nos ajudar a avançar”, declarou o volante Paulinho.

Remanescente da histórica goleada sofrida por 7 a 1 para a seleção da Alemanha na Copa do Mundo do Brasil em 2014, em partida realizada no estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, em Belo Horizonte (MG), o camisa 15 do escrete Canarinho revelou que houve uma grande transformação em sua carreira depois daquela partida. Ele afirma que durante este período ganhou em experiência e evolução.

“Quatro anos depois, muita coisa mudou na minha vida e na minha carreira. Eu tenho que estar ciente dessa evolução que eu passei nesses quatro anos. Minha saída da Inglaterra para a China me fez bem e algo que eu tinha perdido o que foi autoconfiança, eu recuperei isso. Estou aqui porque trabalhei e porque eu mereci. Em quatro anos eu realmente desenvolvi muito, ganhei muita experiência”, encerrou.

Na 1ª colocação do grupo E da Copa do Mundo da Rússia com 7 pontos conquistados em 3 jogos realizados, O Brasil encara nesta segunda-feira, 02 de julho, ás 11h, na Arena Samara, em Samara, na Rússia, o México em duelo válido pela fase oitavas de final. Quem avançar encara nas quartas de final o vencedor do confronto entre Bélgica e Japão, que se enfrentam no mesmo dia, ás 15h, em Rostov-On-Don (RUS).

Recomendadas