Rússia 2018: Tite e Philippe Coutinho ressaltam dificuldades do Brasil na vitória contra a Costa Rica

Seleção Brasileira conseguiu furar a retranca costarriquenha apenas nos acréscimos da partida e venceu o duelo por 2 a 0 com gols de Philippe Coutinho e Neymar

Rússia 2018: Tite e Philippe Coutinho ressaltam dificuldades do Brasil na vitória contra a Costa Rica
Jogadores da Seleção Brasileira festejam o gol marcado por Philippe Coutinho - Crédito: Lucas Figueiredo / CBF

Antônio Boaventura
São Petersburgo, RUS, 22 de junho de 2018

Pentacampeã mundial, a Seleção Brasileira chegou a Rússia como uma das favoritas para ficar com o título desta edição da Copa do Mundo. No entanto, a vida do selecionado do técnico Tite não está sendo das mais fáceis. Depois do empate na estreia em 1 a 1 diante da Suíça, a seleção Canarinho teve de suar muito para superar a Costa Rica por 2 a 0. Tite e Philippe Coutinho, autor do primeiro gol, ressaltaram as dificuldades que os costarriquenhos impuseram naquele confronto.

“O primeiro tempo foi difícil. Mas no segundo tempo, não poderíamos mais errar. Se sofremos nesses dois primeiros jogos, é simplesmente porque é uma Copa do Mundo. Os favoritos até agora estão perdendo ou estão tendo muitas dificuldades e ganhando por 1 a 0. Hoje, jogamos para vencer e conseguimos o resultado. Contra a Sérvia vamos procurar ter um bom desempenho e sempre procurando a vitória”, explicou o técnico Tite.

Já o meia-atacante Philippe Coutinho, que soma dois gols nesta edição da Copa do Mundo, destacou as dificuldades que a Costa Rica impôs ao Brasil durante toda partida. Entretanto, ele acredita que os gols nos acréscimos, o outro foi marcado pelo atacante Neymar, serviu como recompensa pela persistência da equipe na partida. Com os resultados daquele grupo, o Brasil do empate contra a Sérvia para garantir sua classificação.

“Foi um jogo difícil, como esperávamos, mas queríamos uma vitória desde o primeiro minuto. Mostramos muita paciência até o final do jogo e fomos recompensados ​​com esses dois gols. A Costa Rica é um equipe com muita qualidade, forte na defesa e no meio-campo, e a coisa mais importante para nós não foi desistir até o último minuto. É algo que o professor (Tite) sempre destaca – sendo mentalmente forte até o final”, concluiu.

Na 1ª colocação do grupo E da Copa do Mundo da Rússia com 4 pontos conquistados em 2 jogos realizados, o Brasil encara nesta quarta-feira, 27, ás 15h, na Arena Spartak, em Moscou, na Rússia, a Sérvia, 3ª colocada na chave com 3 pontos ganhos. A partida é válida pela 3ª rodada da competição internacional. Os dois primeiros colocados de cada grupo garantem vaga na próxima fase.

Recomendadas