Série A: Com 250 jogos no Brasileiro, Robinho quer vitória do Cruzeiro contra o Paraná de olho no G6​

A elite do futebol brasileiro é cobiçada por praticamente todos os jogadores que atuam por aqui. E para o meia da Raposa, que já vestiu as camisas de Avaí, Santos, Coritiba e Palmeiras, alcançar marcar expressiva na carreira é mais do que gratificante

Série A: Com 250 jogos no Brasileiro, Robinho quer vitória do Cruzeiro contra o Paraná de olho no G6​
Robinho tem presença confirmada com a camisa do Cruzeiro na partida contra o Paraná Clube, em CuritibaCrédito: Vinnicius / Cruzeiro E.C

Da Redação
Curitiba, PR, 13 de junho de 2018

A Primeira Divisão, ou Série A do Campeonato Brasileiro, reúne os melhores clubes e os melhores jogadores de futebol do país. É a elite do futebol no Brasil, competição que todo grande jogador brasileiro já disputou ou deseja disputar. Agora imagine você completar 250 partidas nessa competição.

Esse é o caso do meia Robinho, do Cruzeiro. O jogador, que já vestiu a camisa de clubes como Avaí, Santos, Coritiba e Palmeiras, atingiu a expressiva marca na última rodada. Desde a sua estreia no torneio, em 2008, ele não parou mais de disputar a Série A e, hoje, participa pela 11ª vez consecutiva.

“É uma marca importante e bastante significativa para mim. Não é fácil disputar a Série A, temos grandes clubes e excelentes jogadores, não é por acaso que é um dos campeonatos mais disputados do mundo. Fico feliz em ano após ano estar na elite do futebol brasileiro e jogar com e contra os melhores atletas do país. Espero que eu ainda possa atingir novas marcas e disputar muito mais jogos pela Série A”, revelou o atleta, que tem 35 gols e 32 assistências na competição.

Nesta quarta-feira (13/6), Robinho volta a campo pela Série A para fazer sua partida de número 251. De olho no G6, o Cruzeiro enfrenta o Paraná, no estádio Durival Britto, às 19h30, em Curitiba.

“Jogo importante. Precisamos voltar a vencer para interromper essa sequência negativa de dois jogos e também para não deixar o G6 ficar distante. Já joguei no futebol paranaense e sei que o Paraná é um adversário complicado. É equipe que vem crescendo, tanto é que venceram as duas últimas em casa, por isso precisamos ter atenção para não dar bobeira´´, concluiu.

 

 

Fonte: AV

 

Recomendadas