Série A: Cuesta curte a liderança do Brasileiro e a grande fase vestindo a camisa do Internacional

A briga pela liderança está cada vez mais acirrada no Campeonato Brasileiro. Tudo indica que nenhuma equipe vai disparar na ponta da tabela de classificação. Porém, o Colorado, com os mesmos 49 pontos do São Paulo, tem vantagem no saldo de gols

Série A: Cuesta curte a liderança do Brasileiro e a grande fase vestindo a camisa do Internacional
Cuesta quer atenção contra Chapecoense, segunda-feira, 20 horas, na Arena Condá, em Chapecó, pela 25ª rodadaCrédito: Divulgação / Internacional

Da Redação
Porto Alegre, RS, 13 de  setembro de 2018

A disputa pela liderança do Campeonato Brasileiro e, consequentemente, pelo título está cada dia mais acirrada. Mas, pelo menos por enquanto, nos critério de desempate o Internacional e sua torcida têm motivos de sobra para comemorar. O Colorado tem os mesmos 49 pontos do São Paulo, mas por ter um gol a mais é o líder. E vem jogando muita bola, colecionando vitórias e fazendo a sua parte dentro de campo.

Um dos jogadores mais animados com a situação do Inter é o Víctor Cuesta. O argentino lidera o prêmio Bola de Prata da ESPN como melhor zagueiro e melhor jogador do Campeonato Brasileiro. E ele está animado com o sistema defensivo do Colorado.

“Já falei que o time todo está se entregando, correndo. Todo mundo quer recuperar a bola. Todo mundo está fazendo esse esforço. É importante para o grupo. A parceria com Moledo a cada jogo, a gente vai se entrosando ainda mais. Importante para dar essa solidez defensiva para que os caras da frente possam ter a tranquilidade e definir o jogo´´, analisou o zagueiro.

Momento individual

“Meu rendimento foi de menos a mais. Eu trabalhei muito para o que está acontecendo em campo seja feito. Depois, o time todo evoluiu muito. A confiança que deu nosso treinador para a gente foi muito importante. Acho que temos que continuar do mesmo jeito. Estamos no caminho certo, mas ainda não conseguimos nada´´.

Receita da ótima campanha

“Trabalho! Esse grupo nunca desistiu quando a gente passou por má fase. Continuou trabalhando ainda mais e conseguiu sair desse momento. A gente continua da mesma forma, trabalhando muito e desfrutando´´.

Projetando a sequência

“Temos muitos times que estão brigando lá na parte de cima da tabela. Ainda tem muito caminho pela frente. Todos os jogos são difíceis. A gente conseguiu vencer grandes equipes aqui. Mas segunda-feira (17/9) vai ser uma partida muito difícil (Chapecoense, na Arená Condá, em Chapecó, às 20 horas). Temos que continuar na mesma batida´´.

Fonte: assessoria de imprensa do Inter

 

Recomendadas