Série A: Fora dos planos de Aguirre, São Paulo negocia Cueva com Krasnodar, da Rússia: 8 milhões de euros

Sem vaga no time titular e revoltado com o banco de reservas, Cueva foi negociado pelo Tricolor com o Krasnodar, da Rússia, por 8 milhões de euros (aproximadamente R$ 36 milhões). Ele chegou ao clube, vindo do Toluca, do México, por R$ 8,8 milhões

Série A: Fora dos planos de Aguirre, São Paulo negocia Cueva com Krasnodar, da Rússia: 8 milhões de euros
Cueva vai ao CT do Tricolor nesta sexta-feira para se despedir dos companheiros e da comissão técnicaCrédito: Divulgação / São Paulo

Da Redação
São Paulo, SP, 12 de julho de 2018

Foi bom para todos os lados! O São Paulo queria negociar o peruano Cueva pela falta de empenho ao longo do primeiro semestre de 2018. O técnico Diego Aguirre não o considerava titular e sabia da sua má vontade para ficar no banco de reservas. E o jogador, que por se achar craque, treinava com desdém e não se conformava por não ser titular absoluto. Tudo isso fez a diretoria Tricolor o negociar nesta quinta-feira (12/7), em definitivo, com o Krasnodar, da Rússia, por 8 milhões de euros (aproximadamente R$ 36 milhões).

Cueva estava no Toluca, do México, e chegou ao São Paulo em junho de 2016 por R$ 8,8 milhões. Jogou 89 partidas, marcou 20 gols, deu 20 assistências e não conquistou nenhum título. Chegou a ser amado pela torcida, mas no primeiro semestre de 2018, por sua indolência, vinha sendo vaiado constantemente.

O São Paulo pensava em negociá-lo após a Copa do Mundo da Rússia. Porém, acreditava que a negociação deveria girar em aproximadamente 10 milhões de euros. Mas pelo histórico do peruano e para evitar atrito com o grupo na retomada do Campeonato Brasileiro e da Copa Sul-Americana, resolveu aceitar os 8 milhões de euros, lucrando quase quatro vezes o que tinha pago no jogador.

Além dos oito milhões de euros, o São Paulo ainda pode arrecadar mais dois milhões de euros, de bonificação, caso Cueva cumpra metas estabelecidas pelo clube russo. Entre elas, a classificação para a Liga dos Campeões da Europa. Na temporada 2018/2019, o Krasnodar, que subiu para a Primeira Divisão da Rússia, vai disputar a Liga Europa.

Cueva vai se despedir dos jogadores, comissão técnica, funcionários e diretoria nesta sexta-feira (13), no CT do São Paulo. O peruano embarca para a Rússia no final de semana e já se apresenta ao novo clube

Recomendadas