Série A: Invicto há nove partidas, Internacional desafia tabu no Beira-Rio diante do lanterna Ceará

No duelo desta segunda-feira, às 20 horas, em Porto Alegre, o Colorado, que não perde há nove jogos, precisa vencer para assumir a terceira colocação. Já o Vozão vai em busca dos três pontos para seguir lutando para sair da zona de rebaixamento

Série A: Invicto há nove partidas, Internacional desafia tabu no Beira-Rio diante do lanterna Ceará
Como mandante, o Inter não vence o Vozão há oito anos. A última vitória, em casa, foi por 2 a 1, no Brasileirão de 2010Crédito: Fotomontagem

Da Redação
Porto Alegre, RS, 23 de julho de 2018

O Internacional encara o Ceará na noite desta segunda-feira (23/7), às 20 horas, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre-RS, pelo encerramento da 14ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O Colorado não perde há nove jogos, sendo quatro empates e cinco vitórias. A equipe gaúcha aparece na sexta posição, com 23 pontos, sete atrás do líder Flamengo. Já o time cearense segura a lanterna da competição, com apenas oito pontos, sete atrás do Vitória, primeiro fora da zona de rebaixamento.

Na rodada passada, o Internacional empatou, fora de casa, com o Atlético-PR por 2 a 2, enquanto o Alvinegro de Porangabuçu conquistou sua primeira vitória na competição ao derrotar, em casa, o Sport por 1 a 0.

Este será o 17º confronto oficial entre as duas equipes desde 1971. O retrospecto aponta vantagem para o time cearense. Foram sete vitórias do Vozão, cinco empates e quatro triunfos colorados. O Ceará marcou 18 gols, contra 15 do time gaúcho.

Como mandante, o Internacional não vence o Vozão há oito anos. A última vitória colorada sobre o Alvinegro Cearense, em casa, foi pelo placar de 2 a 1, pelo Brasileirão de 2010. De lá para cá, foram mais três confrontos no Beira-Rio, com três vitórias dos cearenses.

No encontro mais recente, com gol de Elton, aos 16 minutos do segundo tempo, o Ceará venceu a equipe colorada por 1 a 0, em Porto Alegre, no Beira-Rio, pela 32ª rodada da Série B do Brasileiro do ano passado.

Fonte: Luiz Carlos Éden – Sorocaba (SP)

 

Recomendadas