Série A1: Decisivo contra os grandes, Chiquinho destaca cobrança pessoal por evolução no São Caetano

Azulão venceu o primeiro jogo das quartas de final por 1 a 0 e precisa de um empate para conquistar sua classificação para a semifinal do Campeonato Paulista

Série A1: Decisivo contra os grandes, Chiquinho destaca cobrança pessoal por evolução no São Caetano
O polivalente Chiquinho marcou contra o Palmeiras e São Paulo neste Campeonato Paulista - Crédito: Adriano Stofaleti

Da Redação
São Caetano do Sul, SP, 19 de março de 2018

Autor de dois gols no Campeonato Paulista, Chiquinho teve o privilégio de marcar e decidir vitórias a favor do São Caetano contra alguns dos grandes do Estado. Foi assim com o Palmeiras e diante do São Paulo, no sábado, pelo jogo de ida das quartas de final. Porém, para ter este aproveitamento em confrontos desta importância, o armador destacou o empenho diário para se aperfeiçoar.

“Todo dia me cobro para fazer gol. Para conceder passes aos meus companheiros. O professor Pintado me cobra muito para entrar dentro da área. Contra o Palmeiras entrei dentro da área e fiz o gol. Hoje(sábado) mais uma vez foi assim”, declarou o camisa de nº10.

Artilheiro do São Caetano no Paulistão ao lado de Carlão, Chiquinho chegou ao Anacleto Campanella no início do ano. Na temporada passada, o meio-campista defendeu as cores do Oita Trinita, do Japão.

Quem também analisou o desempenho do Azulão frente ao Tricolor foi o técnico Pintado. Na visão do profissional, o triunfo passado foi conquistado graças ao grupo que se empenha cada vez mais por melhores resultados. “É apenas a vitória de noventa minutos. Temos ainda outros noventa(minutos) muito difíceis”, disse.

“Vitória de profissionais que estão trabalhando muito. Desde que cheguei esses atletas deixaram as famílias e alguns prazeres para se entregaram pelo São Caetano. Esse é o segredo do nosso sucesso”, disse o técnico antes de ressaltar que ainda falta muito para o Pequeno Gigante assegurar classificação à semifinal”, concluiu.

Recomendadas