Série B: Na abertura da 17ª rodada, nesta segunda-feira, Atlético-GO e CSA se reencontram após 31 anos

Na abertura da 17ª rodada da Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, às 20 horas, no estádio Olímpico, o Dragão tenta retornar ao G4 diante do Azulão do Mutange, vice-líder, que pretende tomar a primeira colocação do Fortaleza

Série B: Na abertura da 17ª rodada, nesta segunda-feira, Atlético-GO e CSA se reencontram após 31 anos
Os times goiano e alagoano medem forças visando as primeiras colocações e sonhando com o acesso ao BrasileirãoCrédito: Fotomontagem

Da Redação
Goiânia, GO, 23 de julho de 2018

Em duelo na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro da Série B, a segunda divisão nacional, Atlético-GO e CSA-AL se enfrentam na noite desta segunda-feira (23/7), às 20 horas, Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia-GO, em jogo de abertura da 17ª rodada.

Os donos da casa buscam a vitória para voltar ao G4 depois de 15 rodadas fora. No momento, a equipe goiana aparece na quinta colocação, com 26 pontos, mesma pontuação do Avaí, que fecha a zona de classificação à Série A.

Já os visitantes querem os três pontos para assumir, mesmo que de forma provisória, a liderança da competição. O Azulão do Mutange aparece na segunda colocação, com 29 pontos, um atrás do líder Fortaleza.

O Rubro-Negro goiano não perde há seis rodadas. A última derrota foi em casa, para o Figueirense, por 4 a 3. Desde então foram dois empates e quatro vitórias. Já o CSA não perde há sete partidas. A última derrota foi para o Guarani, em casa, por 2 a 1. De lá para cá são cinco empates e duas vitórias.

Na rodada passada, o Dragão empatou, fora de casa, com o Avaí por 0 a 0, e o time alagoano empatou, em casa, com o líder Fortaleza por 0 a 0.

Este será apenas o segundo confronto entre Atlético-GO e CSA-AL em toda história. O único encontro entre eles foi há 31 anos e, naquela oportunidade, o Dragão venceu o time alagoano por 3 a 1, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela quarta rodada da primeira fase da Série B do Brasileiro de 1987.

 

Fonte: Luiz Carlos Éden – Sorocaba (SP)

 

 

Recomendadas