Série C: Operário-PR goleia Santa Cruz, garante o cobiçado acesso à Série B e está nas semifinais

Já temos o primeiro semifinalista na Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro. E garantido na Série B em 2019. Trata-se do Operário, que perdeu o jogo de ida por 1 a 0, mas em casa fez 3 a 0 e assegurou o segundo acesso consecutivo

Série C: Operário-PR goleia Santa Cruz, garante o cobiçado acesso à Série B e está nas semifinais
Assim que terminou a partida, os jogadores do Operário festejaram muito e saíram de campo aplaudidosCrédito: Divulgação / Operário-PR

Da Redação
Ponta Grossa, PR, 26 de agosto de 2018

O Operário, de Ponta Grossa, garantiu o cobiçado acesso à Série B do Campeonato Brasileiro em 2019. Depois de perder o duelo de ida das quartas de final da Série C por 1 a 0, neste domingo (26/8), na partida de volta, a equipe goleou o Santa Cruz por 3 a 0, no estádio Germano Krüger, e festejou a façanha diante da sua torcida. Os gols foram marcados por Alisson, Schumacher e Dione. Foi o segundo acesso consecutivo do clube paranaense.

O Operário, de Ponta Grossa, garantiu o cobiçado acesso à Série B do Campeonato Brasileiro em 2019. Depois de perder o duelo de ida das quartas de final da Série C por 1 a 0, neste domingo (26/8), na partida de volta, a equipe goleou o Santa Cruz por 3 a 0, no estádio Germano Krüger, e festejou a façanha diante da sua torcida. Os gols foram marcados por Alisson, Schumacher e Dione. Foi o segundo acesso consecutivo do clube paranaense.

Com a obrigação de vencer por dois gols de diferença, o Operário partiu para cima do Santa Cruz desde o início da partida. E sofreu com dois ataques da equipes pernambucana. Porém, aos poucos, enquanto o adversário recuava, o time da casa pressionava.

Depois de criar duas boas chances para abrir o placar, o Operário fez 1 a 0 aos 21 minutos. Após bate e rebate, Alisson chutou, a bola desviu na zaga e matou o goleiro Ricardo Ernesto.

No segundo tempo, o Operário voltou com o mesmo ímpeto ofensivo. Porém, com um pouco mais de pegada na marcação para tentar matar o contragolpe do Santa Cruz. E, aos 27 minutos, Schumacher aproveitou cruzamento e, de voleio, fez um golaço: 2 a 0, que já garantia o acesso e a vaga nas semifinais.

Com o Santa Cruz se lançando desesperadamente ao ataque, o Operário matou o jogo aos 34 minutos. Dione mostrou oportunismo e concluiu bem após cruzamento certeiro.

FICHA TÉCNICA

Operário 3 x 0 Santa Cruz
Quartas de final – Jogo de volta
Local: Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Danilo Simon Manis e Rogério Pablos Zanardo, ambos de SP
Renda: R$ 241.950,00 – Público: 7.085 total (6.477 pagantes)
Cartão amarelo: Lucas Batatinha
Gols: Alisson, aos 21 minutos do primeiro tempo. Schumacher aos 27; e Dione, aos 34 minutos do segundo tempo

Operário
Simão; Léo, Alisson, Sosa e Peixoto; Chicão, Erick, Cleyton e Robinho (Xuxa); Lucas Batatinha (Dione) e Schumacher (Quirino)
Técnico: Gerson Gusmão

Santa Cruz
Ricardo Ernesto; Vitor, Sandoval (Augusto Silva), Danny Morais e Allan Vieira; Charles (Augusto), Arthur Rezende, Jailson e William Maranhão; Robinho e Pipico
Técnico: Roberto Fernandes

Recomendadas