Série D: Após dois empates seguidos, Ferroviária precisa voltar a vencer para sonhar com a classificação

Empate sem gols, fora de casa, com o Cianorte-PR deixou a Locomotiva com apenas dois pontos, na vice-liderança do Grupo A16, contra seis pontos do líder Tubarão-SC

Série D: Após dois empates seguidos, Ferroviária precisa voltar a vencer para sonhar com a classificação
O próximo desafio da Ferroviária será justamente contra o líder da chave, em Santa CatarinaCrédito: Divulgação / Ferroviária

Da Redação
Araraquara, SP, 30 de abril

Após duas, das seis rodadas, da primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro, a Ferroviária ainda não sabe o que é vitória. É verdade que também não perdeu. Mas com dois empates consecutivos, a Locomotiva, de Araraquara, com apenas dois pontos e na vice-liderança, viu o Tubarão-SC disparar na liderança com seis pontos. E o próximo desafio será justamente o duelo entre os dois primeiros colocados do Grupo A16.

No próximo domingo (6/5), às 16 horas, fora de casa, a Ferroviária desafia a força do Tubarão. Em caso de vitória, a equipe catarinense praticamente assegura a classificação antecipada à segunda fase. Já a Locomotiva, mesmo que vença, seguirá em segundo lugar, mas ficará em situação privilegiada para seguir atrás de uma vaga na próxima fase.

Depois de empatar por 1 a 1, em Araraquara, com o Novo Hamburgo-RS, a Ferroviária jogou no campo do Cianorte-PR e ficou no empate sem gols, no domingo (29/4). A partida foi truncada no gramado irregular do Estádio Olímpico Albino Turbay e os donos da casa pressionaram tiveram uma chance de ouro para abrir o placar. Em penalidade cometida pelo zagueiro Elton, o goleiro Gabriel Leite pulou no canto esquerdo e defendeu a cobrança do Cianorte.

Na segunda etapa, a Ferroviária começou melhor e teve boas chances em chutes perigosos de Vinicius e Lucas Douglas. Pelo lado esquerdo ofensivo, Tcharlles também criou perigo para a meta da equipe do Paraná, mas o gol não saiu. Pressionada pela equipe adversária nos minutos finais, a Locomotiva se organizou defensivamente e segurou o empate fora de casa.

“Construímos condição dentro do jogo de acuar o adversário. Tivemos sempre o controle, mas pecamos muito nas finalizações, foram inúmeras as chances que desperdiçamos. Fomos muito melhor na partida´, disse o técnico PC de Oliveira.

Com a estreia Vinicius e Válber, PC afirmou que a introdução dos atletas está sendo boa e de forma rápida, assim, contribuindo para que a equipe fique próxima da classificação. “Eles estão estreando rápido e bem porque estavam em atividade, por isso a nossa preocupação é fazer entrar na estrutura da equipe o mais rápido possível. E a adaptação tem sido boa e cada vez fica claro que Série D é muita força. Nosso elenco está preparado para isso”

FICHA TÉCNICA

CIANORTE 0 x 0 FERROVIÁRIA
Local: Estádio Albino Turbay, em Cianorte-PR.
Data/Horário: Domingo, 29 de abril, 16h.
Arbitragem: Augusto Domingos Borges Ortega, auxiliado por Cicero Alessandro de Souza e Sérgio Alexandre da Silva (todos de MS).
Público: 394 pagantes.
Renda: R$ 6.325,00.
Cartões amarelos: Gerônimo e Montoya (Cianorte); Elton, Íkaro, Caíque e Tharlles (Ferroviária).

CIANORTE – João Gabriel; Gerônimo, Montoya, Feliphe Gabriel e Filipe Ramon; Jovany, Sidnei (Júlio Pacato) e Xavier; Fernandinho, Rodrigo Alves (Edílson) e Thomas Anderson (França). Técnico: Marcelo Caranhato

FERROVIÁRIA – Gabriel Leite; Marcos Ytálo (Vinicius), Élton, Luan e Bruno Ré; Caíque (Fábio Souza), Íkaro, Valber e Tom (Felipe Ferreira); Tharlles e Lucas Douglas. Técnico: PC de Oliveira

Futebol Caipira (fonte: assessoria de imprensa da Ferroviária)

Recomendadas