Série D: Após eliminação, Eduardo Rocha entende que trabalho é para promover o crescimento do Mecão

América (RN) foi eliminado na fase quartas de final da Série D do Brasileiro depois de ser goleado por 3 a 0 e empatar em 1 a 1 com a Juazeirense

Série D: Após eliminação, Eduardo Rocha entende que trabalho é para promover o crescimento do Mecão
Dirigentes do América (RN) se reúnem para divulgar o planejamento para a próxima temporada - Crédito: Canindé Oliveira

Da Redação
Natal, RN, 15 de agosto de 2017

O vice-presidente de futebol do América (RN), Eduardo Rocha, falou nesta segunda-feira, 14, sobre o futuro do Mecão e o ato de vandalismo praticado por parte da torcida ao final da partida diante do Juazeirense (BA), no último domingo, 13, na Arena da Dunas, em Natal (RN). A partida terminou com o empate em 1 a 1 e a eliminação da equipe potiguar.

Antes, o presidente José Rocha afirmou que o América, mesmo diante da não ascensão, continua vivo. E virá em 2018 com toda força para cumprir o calendário. “Nós não vamos recuperar o América. Nós não tivemos o acesso, mas fizemos um campeonato muito bonito, e daqui para frente vamos trabalhar para que o clube continue crescendo para ser maior do que já é”, explicou Rocha.

Na sequência, Eduardo Rocha começou a falar sobre as ações de vandalismo na última partida e afirmou que o departamento jurídico está trabalhando para que todos os responsáveis sejam identificados e processados. “Isso não vai ficar barato. O América vai processá-los, já falamos com o nosso setor jurídico. Tem que mexer no bolso, que é onde dói mais. E acho que as autoridades deveriam afastar essas pessoas por pelo menos cinco anos de comparecer ao estádio”.

“Ou se toma providências ou nós vamos ver campear esse tipo de violência desnecessária”, disse o vice de Futebol, Eduardo Rocha completando que o clube terá que arcar com os prejuízos após a partida, quando foram depredadas cadeiras, catracas eletrônicas, banheiros e quiosques.

Sobre o futuro do clube, o dirigente foi enfático que precisará cortar gastos, mas que em novembro estará a todo vapor, de olho no calendário de 2018. Quanto ao desligamento do elenco, treinador, comissão técnica, bem como demais funcionários, serão definidos nesta terça-feira, 15.

Eduardo finalizou a conversa agradecendo o apoio da torcida americana nesta Série D do Brasileiro, lamentando uma campanha tão bonita e vitoriosa ter encerrado a temporada sem conquistar o objetivo mais importante do ano, que era o acesso para à Série C do Brasileiro de 2018.

“Queremos agradecer a nossa torcida que mostrou mais uma vez ser a maior do Rio Grande do Norte. Não adianta dizer que tem torcedor se ele não vai a campo. O nosso torcedor vai a campo e ontem, colocamos quase 13 mil pagantes. Se você pegar o scout de pagantes dos jogos do América-RN é maior que qualquer time do Rio Grande do Norte mesmo o clube terminado a competição precocemente”, finalizou.

Recomendadas