BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Próximo da liderança, Coritiba defende invencibilidade de 18 anos diante do Bahia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Curitiba, PR, 14 de junho de 2017

O confronto entre Coritiba e Bahia se repete pela 43ª vez na história de competições oficiais, nesta quinta-feira, 15, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O que chama atenção nesse duelo é o número de jogos que terminaram empatados: 23. Ao todo, o Coxa venceu 13 partidas e os baianos, seis. O Verdão marcou 53 gols e sofreu 43.

Ainda sobre os números acumulados pelo Coritiba, o retrospecto é positivo, já que o time paranaense não perde para o Bahia desde 1999, quando foi derrotado na Copa do Brasil. De lá para cá, foram 13 empates e cinco vitórias do Coxa.

A última vez que se encontraram em campo, foi em 2014, pelo Brasileirão daquele ano. O primeiro jogo terminou empatado e, no segundo, a vitória foi do Verdão, na despedida de Alex como jogador de futebol.

Após ficar de fora do duelo contra o Botafogo, o meio campista Matheus Galdezani está de volta na lista dos relacionados. Quem também volta a estar à disposição da comissão técnica coxa-branca é o lateral direito Léo. Em contrapartida, o meio campista Jonas está pendurado com dois cartões amarelos.

Os desfalques ficam por conta dos meio campistas Anderson e João Paulo, e do lateral Rodrigo Ramos, que seguem em recuperação com os profissionais do Centro de Excelência do Esporte do Coritiba (CEECOR). O lateral esquerdo William Matheus, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, também está de fora. As opções para substituí-lo em campo são Thiago Carleto e o prata da casa Henrique.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_