BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Libertadores: “Não é um campeonato qualquer”, disse Nikão após derrota para o Santos

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Curitiba, PR, 05 de julho de 2017

Depois de ser atropelado por 4 a 0 pelo Grêmio, na última semana, em Porto Alegre (RS), pela Copa do Brasil, o Atlético (PR) voltou a decepcionar seu torcedor nesta temporada. Desta vez o algoz foi o Santos, em duelo válido pela fase oitavas de final da Copa Libertadores. O Furacão foi superado pelo Peixe por 3 a 2, em pleno Durival de Britto. Para o atacante Nikão, decepção é a palavra que traduz o resultado obtido.

“Sentimento de todos os jogadores, decepcionado. Começamos bem, trabalhando a bola, pressionando, mas tomamos um gol que desestabilizou toda a equipe. Isso é Libertadores, não é um campeonato qualquer”, declarou o atacante Nikão, que abriu o marcador para os donos da casa.

Apesar da derrota, o artilheiro do selecionado paranaense valorizou a qualidade técnica do Santos, que marcou com o atacante Kayke, em duas oportunidades, e Bruno Henrique. Entretanto, ele ressalta que a equipe precisa de maior consistência em seu plano de jogo para que possa manter uma determinada regularidade dentro da partida.

“Enfrentamos uma grande equipe, mas poderíamos sair com a vantagem. Quando tomamos gol, nosso time se desestabiliza. Precisamos ter mais foco, cabeça boa, uma consistência maior”, concluiu.

Depois de perder por 3 a 2 para o Santos na noite desta quarta-feira, 05, no estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR), o Atlético (PR) joga no dia 10 do próximo mês, no estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, em Santos (SP), pela vitória por mais de dois gols para avançar à fase seguinte da Copa Libertadores. Quem avançar encara o vencedor do duelo entre Botafogo (RJ) e Nacional (URU).

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_