BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Contra o Vasco, Guerrero celebra marca de 2 anos com a camisa do Flamengo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 07 de julho de 2017

Há exatos dois anos, o caô acabou. No dia 07 de julho de 2015, José Paolo Guerrero Gonzales foi apresentado no Clube de Regatas do Flamengo e começou sua história como camisa 9 flamenguista. Acabava ali não apenas o caô, mas a paz dos goleiros adversários. Foram 91 jogos, 39 gols, muita raça, entrega e dedicação a tradicional camisa Rubro-Negra.

Guerrero foi a principal contratação do Flamengo em 2015 e a mais importante transferência do futebol brasileiro naquele ano. O atacante peruano vinha de conturbada rescisão com o Corinthians, e o Flamengo abriu as portas. Logo na primeira entrevista, durante a apresentação no Ninho do Urubu, ele caiu nas graças da Nação. “O Flamengo tem a maior torcida do mundo e é muito conhecido internacionalmente. Prometo dar muito de mim e tentar ganhar sempre”.

Guerrero assinou com o Flamengo no dia 29 de maio, mas só foi apresentado no dia 7 de julho porque havia uma Copa América no meio do caminho. Ele defendeu o Peru na disputa no Chile e contou com a torcida da Nação. Deu certo. Sua seleção chegou à semifinal, graças aos quatro gols que Guerrero marcou na competição, da qual também foi o artilheiro.

Mas acabada a missão nos Andes. Um dia após a apresentação, Guerrero já foi a campo com seus companheiros na fria Porto Alegre para encarar o Internacional. E a espera durou pouco. Apenas 10 minutos. Ainda sem o entrosamento devido com os companheiros, pois fez apenas um treino, mas o talento prevaleceu. Jorge cruzou da esquerda, Canteros ajeitou, e Guerrero concluiu. O caô recebeu seu primeiro golpe naquela noite no Beira Rio.

Vinte e três equipes já foram vítimas do craque com a camisa do Flamengo. As “favoritas” são as cariocas Boavista, Fluminense e Botafogo, cada uma com quatro gols na conta. Atlético Mineiro e Chapecoense possuem três ações do Guerrero para negociar na bolsa de gols, enquanto São Paulo, Nova Iguaçu e seu ex-time Corinthians foram buscar a bola duas vezes no fundo da rede. Confira no gráfico abaixo quem mais sofreu com a sede de gols do peruano.

Na 3ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série A com 20 pontos conquistados em 11 jogos realizados, o Flamengo encara neste sábado, 08, ás 18h, no estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), o Vasco, 6° colocado na competição nacional com 17 pontos ganhos. A partida é válida pela 12ª rodada. Os seis primeiros colocados garantem vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_