BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Dorival exalta espírito aguerrido do time no empate contra o Grêmio: “Jogou com o coração”

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
São Paulo, SP, 24 de julho de 2017

“Há momentos em que se deve abrir mão da parte tática, de números em campo, 4-3-3-, 4-1-4-1, abrir mão disso e jogar com vida, com coração, como fizemos no segundo tempo. O time jogou com o coração. O principal é o resgate dessa confiança e essa entrega, só a equipe pode buscar isso”. As palavras do técnico Dorival Júnior durante a coletiva de imprensa desta segunda-feira (24), após o duelo com o Grêmio (1 x 1), mostram o espírito aguerrido da equipe para evitar a derrota para os gaúchos no Morumbi.

“Não são treinadores, psicólogos, quem busca essa condição é o atleta em campo. Quando ele se entrega acontece isso. Todos queríamos uma vitória, seria um resultado fundamental para resgatar mais a confiança e ganhar corpo. Da maneira como foi o jogo, temos que comemorar. Vimos uma entrega muito grande da equipe, se ainda há algumas falhas de posicionamento, marcação, encaixar a marcação rapidamente, pelo outro lado a maneira como enfrentamos uma equipe tão qualificada foi importante”, acrescentou.

Diante de uma das sensações do Campeonato Brasileiro de 2017, o Tricolor saiu atrás no placar ao sofrer o gol de Pedro Rocha no primeiro tempo. Empurrado pela torcida, que mais uma vez compareceu em grande número e registrou o novo recorde de público da competição nacional com mais de 51 mil pagantes, o São Paulo batalhou para balançar as redes e pontuar diante de um grande adversário: Lucas Fernandes, no segundo tempo, marcou para o time são-paulino.

“O São Paulo está num processo de ajuste, de tentar criar uma identidade. Isso tudo foi compensado com um esforço acima do normal para alcançar o resultado. A nossa realidade é, primeiro, pontuar a cada rodada. Se vamos ficar mais uma, duas ou três na zona de rebaixamento, mas pontuando, não vejo problema nenhum. Vejo problema se ficarmos sem pontuar, como nas rodadas anteriores. É natural que exista uma oscilação, a equipe ainda não entrou em fase de ganho técnico”, finalizou.

Na 18ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série A com 16 pontos conquistados em 16 jogos realizados, o São Paulo encara neste sábado, 29, ás 16h, no estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), o Botafogo (RJ), 7° colocado na competição nacional com 24 pontos ganhos. A partida é válida pela 17ª rodada. Os quatro primeiros colocados garantem vaga na próxima edição da Série A do Campeonato Brasileiro.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_