BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Copa do Brasil: Nos braços dos companheiros, Gilson festeja gol mais importante da carreira

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest
Gilson. Botafogo x Atletico MG, pela Copa do Brasil no Estadio Nilton Santos. 26 de Julho de 2017, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 26 de julho de 2017

O Botafogo (RJ) garantiu, na noite desta quarta-feira, 26, a classificação para a fase semifinal da Copa do Brasil com uma gigante vitória por 3 a 0 sobre o Atlético (MG), no estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ). Em jogo bastante emocionante, a partida entrou em um momento chave no fim da segunda etapa. Após abrir 2 gols de vantagem, o Glorioso sofria com as investidas da equipe mineira, que buscava a todo custo um gol para conseguir sair do Nilton Santos com a vaga.

Nesse momento, Jair Ventura avaliou bem o cenário e colocou Gilson no lugar de Roger. O lateral recebeu orientações de ajudar Victor Luis na marcação pelo lado esquerdo e explorar sua velocidade nos contra-ataques. Dito e feito, a estrela de Gilson brilhou e o terceiro gol, o gol da classificação, saiu para a explosão geral de companheiros e torcida.

“Foi um gol fundamental. Nós estávamos vencendo por 2 a 0, era um resultado perigoso, pois se a equipe deles fizesse um gol, nós estaríamos eliminados. O jogo estava tenso, mas nós fomos felizes no contra-ataque. O Bruno Silva conseguiu me achar ali e eu fui feliz na finalização. O nosso grupo é isso aí, nas comemorações todos se abraçam. Isso mostra a união e a força de um grupo que quer vencer”, destacou Gilson.

Feliz da vida, o lateral alvinegro revelou que não possui muitos gols da carreira, mas afirmou que o desta noite foi o mais importante de todos. “Estou muito feliz com a classificação e por ter feito um gol tão especial. Com certeza, foi o gol mais importante da minha carreira. Não tenho muitos gols, mas acho que são mais de 15. Para um lateral, acredito que seja uma marca até expressiva”, brincou.

Em contrapartida, o técnico Jair Ventura ressaltou o planejamento elaborado para o duelo decisivo contra o Galo. “Poupamos os titulares contra o Atlético-GO e corremos riscos. Por causa do planejamento, vencemos. Nosso time estava muito leve, descansado. Isso foi muito bom para nossa grande performance. É logico que tem a entrega dos atletas, grandes responsáveis, mas dentro de um planejamento”, concluiu.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_