BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Vice de futebol do Vasco questiona desempenho da arbitragem na derrota para o Corinthians

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 18 de setembro de 2018

A partida entre Vasco e Corinthians, neste domingo, 17, pelo Campeonato Brasileiro, foi decidida por um lance irregular. Isso porque o único gol do duelo foi marcado com o braço, pelo atacante Jô. Prejudicado pelo erro de arbitragem, o Gigante da Colina deixou o gramado sem pontuar. Após o apito final, o vice-presidente de futebol Eurico Brandão Miranda questionou o posicionamento das autoridades da federação local e criticou a ausência de atitudes louváveis no futebol brasileiro.

“É humanamente impossível se resistir a isso. O que a gente está passando para a sociedade, e o que passa para os nossos filhos, é um mau exemplo. O Rodrigo Caio, que teve o Fair Play, lá atrás, está brigando para não cair. O jogador do Corinthians, que faz um gol de mão descaradamente, vai ser o campeão. Esse é o exemplo que o Brasil passa e que o futebol brasileiro está passando. É simples. A federação local trabalhando para a equipe, o time que faz um gol de mão e eles estão lá, tudo ótimo. Entrega logo a taça. Para que disputar? Para que competir”, explicou.

O vice-presidente de futebol do time da São Januário lembrou o caso de Fair Play do zagueiro Rodrigo Caio, que envolveu diretamente o adversário em questão. Eurico Brandão ainda lamentou que bons exemplos não sejam dados dentro das quatro linhas. “Se o Corinthians quer demonstrar realmente o que aconteceu, ali está tudo filmado. Depois de um tempo a gente se excede, começa a brigar e discutir. Mas precisamos ver a origem dos fatos, como aconteceu, o que levou a isso. Minha ideia inicial era nem deixar o Zé Ricardo dar entrevista, porque agora a gente dá entrevista com medo do que pode acontecer.

“Você não pode falar de ninguém, reclamar de ninguém. Quem fala é julgado, mas quem comete os atos e os erros não é julgado. Isso é inadmissível e incompreensível. Quem reclama vai a julgamento, e quem erra? E quem prejudica o trabalho de dezenas de pessoas? O que acontece? Nada. Está aí o tão falado Fair Play do futebol. Infelizmente, quem tem Fair Play no futebol não vence”, finalizou.

Na 9ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série A com 31 pontos conquistados em 24 jogos realizados, o Vasco encara na próxima segunda-feira, 25, ás 20h, no estádio da Ilha do Retiro, em Recife (PE), o Sport Recife, 12° colocado na competição nacional com 29 pontos ganhos. A partida é válida pela 25ª rodada. Os seis primeiros colocados garantem vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_