BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Copa do Brasil: Fábio destaca força da torcida do Cruzeiro e garante time preparado para decisão diante do Flamengo

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 26 de setembro de 2017

Jogador que mais vestiu o manto estrelado na história, com 735 aparições, o goleiro Fábio caminha para mais uma decisão pelo Clube. Ele, que fez parte do grupo celeste campeão da Copa do Brasil em 2000, sabe como ninguém o tamanho de uma decisão entre duas equipes como Cruzeiro e Flamengo e assegura que a força da torcida celeste será fundamental na busca do objetivo pela conquista do penta.

Para o camisa 1 cinco estrelas, o comportamento do torcedor azul no jogo de quarta-feira, 27, deverá ser similar ao ocorrido na semifinal contra o Grêmio, quando a força da arquibancada colaborou e muito para a classificação celeste.

“Acho que será muito parecido com o jogo do Grêmio. Foi uma festa muito bonita que a torcida fez, incentivando e acreditando o tempo todo que nossa equipe podia alcançar o resultado. Acho que contra o Flamengo será muito parecida a reação da torcida, acreditando na conquista. Isso com certeza será uma força a mais para nós jogadores em campo, para brigarmos pelo título”, destacou o goleiro.

“Temos que ter a consciência, e isso não é de hoje. Enfrentamos a pressão adversária do torcedor, da empolgação deles jogarem em seu estádio no primeiro jogo. Conseguimos um bom resultado, mas zera tudo para essa segunda partida. Temos que entrar bastante concentrados, cientes de que vamos enfrentar um grande adversário”, ponderou.

Um dos atletas mais experientes do elenco, Fábio ressalta que este tipo de decisão mexe com todos os jogadores, independente da faixa etária ou da história de cada um dentro do futebol. “É normal vivenciar esses momentos, independente da experiência que o grupo já tem, enquanto outros vivem a expectativa da primeira decisão. É válida para todos essa ansiedade de querer estar em campo para fazer esse jogo tão importante, ainda mais depois de vinte dias em que conciliamos o Campeonato Brasileiro e os treinamentos”, explicou.

“Foi um período longo e importante para que pudéssemos trabalhar bem, nos motivar e focar dentro do Brasileiro para conseguirmos os pontos. Tudo foi importante para chegarmos preparados para essa grande decisão”, valoriza o arqueiro.

Na opinião de Fábio, o fato do Cruzeiro ter disputado a competição desde as fases iniciais serviu de aprendizado. A conquista do título na quarta-feira, na ótica do camisa 1, seria uma forma de recompensar todo o trabalho e esforço feitos pelo time durante a trajetória.

“O Cruzeiro merece pelo campeonato que se iniciou na temporada com o objetivo de buscar essa conquista, por ser um dos times que mais venceram. E também pela campanha que fizemos desde o princípio. Seria coroar um grande trabalho, valorizando a competição. Isso é válido, mas temos que colocar em prática dentro do jogo, para sermos merecedores com o que fizermos em campo na final”, salientou o recordista de jogos pela Raposa.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_