BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Keirrison destaca identificação com o Coritiba e motivação para o duelo contra o Avaí

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Curitiba, PR, 03 de novembro de 2017

Há exatos dois anos e quatro meses, o atacante Keirrison, que ficou carinhosamente conhecido como K9 pela torcida coxa-branca, entrava em campo como titular pela última vez com a camisa do Coritiba. De lá pra cá, muitas histórias. Dias de glória e, até mesmo, de superação, dentro e fora do campo, incluindo a perda de um filho de apenas quatro anos, em 2013.

Olhando para trás, Keirrison comemora, com sorriso no rosto, a força que teve nestes anos todos para superar as dificuldades que a vida lhe impôs. “Todos temos problemas, mas temos que procurar resolver de alguma forma. Fiquei meses em casa pra cuidar da minha família. Deus sempre esteve no nosso lado, cuidando, e eu senti que deveria voltar a jogar. Sei que ele está sempre presente comigo aqui e é muito bom poder estar de volta ao Coxa”, disse.

​“Ele fez uma semana boa, mas acabou sentindo desconfortou na panturrilha e foi vetado. Fizemos o último treino com Keirrison, que pode nos ajudar muito nesse jogo. É um jogador mais técnico, que finaliza muito bem. Cabe aos demais jogadores do meio criarem situações para que ele use sua qualidade de finalização”, explicou o técnico do time, Marcelo Oliveira.

Para o camisa 99, se esta possibilidade se concretizar, será como se fosse a primeira vez que entrou em campo com a camisa coxa-branca. “Está sendo como a primeira partida. Sensação bem legal. Existe uma ligação minha com o Couto, até quando eu passo pelo estádio. Desde pequeno eu tenho a oportunidade de vestir essa camisa e tenho focado no meu trabalho para ser cada vez melhor. Estou feliz por estar no clube que eu escolhi e em paz por poder ajudar o grupo”, destacou Keirrison que, no total, já balançou as redes por 72 vezes no Coritiba.

Além da ausência de Kleber e a possibilidade de Keirrison entre os titulares, Marcelo Oliveira, que não fez segredo durante a coletiva, confirmou que o time deve ser o mesmo que entrou em campo contra o Sport, no último domingo. O jogo de amanhã, contra o Avaí, começa às 21h e o grupo todo espera o apoio de sua torcida para a busca de mais uma vitória.

“A participação do torcedor empurrando e apoiando o time é muito importante, o adversário sente quando a torcida está do nosso lado. A situação é difícil e o jogo é complicado. O Coritiba deverá ter um bom comportamento em campo, ter um bom contra-ataque, pois será um jogo de inteligência e paciência. Mas, tem que tomar iniciativa dentro e casa. Vamos unir nossa força de jogadores, comissão técnica e torcedores para vencer esse jogo”, concluiu.

Na 16ª colocação do Campeonato Brasileiro da Série A com 35 pontos conquistados em 31 jogos realizados, o Coritiba recebe neste sábado, 04, ás 21h, no estádio Major Couto Pereira, em Curitiba (PR), o Avaí, 18° colocado na competição nacional com 35 pontos ganhos. A partida é válida pela 32ª rodada da competição nacional. Os sete primeiros colocados garantem vaga na próxima edição da Copa Libertadores.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_