BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Pernambucano: Após chegada ao Santa, Renato Silveira exalta clube e torcida: “Sonho de qualquer jogador”

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Recife, PE, 29 de dezembro de 2017

O zagueiro Renato Silveira, 26 anos, foi apresentado nesta quinta-feira, no Arruda. Já bem experimentado no futebol nacional, o atleta mostrou habilidade também com as palavras. Ele destacou, constantemente, a palavra trabalho. Deixou claro, também, que atuar no Santa Cruz é a realização de um sonho. Defensor é indicação do técnico Júnior Rocha, com quem trabalhou no Luverdense (MT).

“Lembro de enfrentar o Santa Cruz na semifinal da Série C, lá em Lucas do Rio Verde, e a parte da torcida do Santa estava lotada. Aqui, no Arruda, a mesma coisa. Todo jogador sonha em jogar em um clube assim. Todo jogador que conheço, se não sonha em jogar no Santa, tem muita vontade de atuar aqui. Então, estou feliz de defender essa camisa. Para mim, o Santa Cruz é um recomeço na minha carreira. É um time de massa, um time enorme, que a torcida apoia sempre. Espero corresponder”, afirmou o atleta.

Um dos jogadores mais experientes do grupo 2018 até aqui, Renato Silveira garante que ter história é importante. Mas de nada adianta se o serviço não for bem feito. “No momento atual do futebol, é muito importante ter uma mescla. Juntar jogadores jovens e experientes. De qualquer forma, independente disto, é preciso trabalhar muito. Ter experiência só não adianta, tem que mostrar em campo”, destacou.

Renato Silveira conhece o técnico Júnior Rocha. Conquistou o acesso à Série B junto com o treinador, no Luverdense (MT). No mesmo, inclusive, que o Santa Cruz também garantiu a subida de divisão, no mesmo campeonato.

“Tive a oportunidade de trabalhar com o Júnior, é um treinador que conheço e que gosto do perfil. Mas não adianta apenas eu conhecer o técnico, conhecer a forma dele trabalhar, Tenho que mostrar desempenho e me esforçar ao máximo. Se não for assim, não terei oportunidade. Todos trabalham para jogar e, respeitando sempre o grupo, vou me dedicar bastante para conseguir ajudar o Santa Cruz”, encerrou o defensor.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_