BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Paranaense: Paraná Clube confirma a contratação do meia Carlos Eduardo, ex-Flamengo e Atlético (MG)

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Curitiba, PR, 17 de fevereiro de 2018

O meia Carlos Eduardo é o novo reforço do Paraná Clube para a sequência da temporada 2018. O jogador já realizou exames clínicos e físicos e assina contrato com o Tricolor até dezembro. Apontado como uma das principais revelações do Grêmio, o jogador ficou fora do Brasil por seis temporadas (entre 2007 e 2012), defendendo o Hoffenheim-ALE e o Rubin Kazan-RUS. No retorno ao país, em 2013, defendeu Flamengo, Atlético (MG) e Vitória.

“É uma nova oportunidade que surge na minha carreira. O Paraná está se preparando para a disputa da Série A e estou feliz por fazer parte deste projeto”, disse Carlos Eduardo, 30 anos. O meia começou sua carreira aos 14 anos, no Grêmio. Integrado ao elenco principal em 2007, foi um dos destaques da equipe na Libertadores da América e negociado com o Hoffenheim, da Alemanha.

Durante toda a carreira, ele esteve sempre presente nas seleções de base, tendo disputado o Mundial Sub-20, em 2007. Dois anos depois, teve a sua primeira convocação para a seleção principal. Esteve presente em vários amistosos e figurou na lista dos pré-convocados para a Copa do Mundo de 2010, na África. Neste ano, teve a sua venda confirmada para o Rubin Kazan, da Rússia.

Carlos Eduardo só retornou ao Brasil, em 2013, quando defendeu o Flamengo. Voltou ao futebol russo e, em 2016 veio para o Atlético Mineiro. Ano passado disputou a Série A do Brasileirão pelo Vitória-BA. “Fui bem recebido e estou feliz por vestir essa camisa Tricolor. Agora é trabalhar forte para que possamos fazer um ano muito bom”, concluiu.

Enquanto uns chegam, outros saem. Wagner Lopes não é mais o técnico do Paraná Clube. O desligamento do profissional – e de seu auxiliar, Sandro Rosa – foi confirmado na tarde desta sexta-feira, 16, pelo executivo de Futebol, Rodrigo Pastana. “Mais do que resultado, futebol é desempenho. Entendemos que houve tempo suficiente de preparação e o rendimento está aquém do esperado”, explicou o dirigente.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_