BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Libertadores: Moisés exalta vitória contra o Alianza Lima (PER) e comemora liderança do grupo 8

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
São Paulo, SP, 03 de abril de 2018

Em plenas condições físicas, o meio-campista Moisés voltou a jogar nesta terça-feira (03), diante do Alianza Lima (PER), na Arena Allianz Parque, pela Copa Libertadores, durante todos os minutos possíveis da partida pela primeira vez desde novembro de 2017: a última vez em que o fato havia ocorrido foi em 12 de novembro de 2017, em partida disputada diante do Flamengo pelo Brasileirão daquele ano, ainda sob o comando do técnico Alberto Valentim.

O dono da camisa 10 completou exatos 70 jogos vestindo o manto alviverde e não escondeu a alegria, tanto pelo resultado positivo – vitória por 2 a 0 –, quanto por ter voltado a atuar em todos os 90 minutos pela primeira vez em quase cinco meses. Desde novembro de 2017, ora o jogador começava como titular e saía no decorrer da partida, ora era utilizado como opção do banco de reservas para o segundo tempo – ao todo, foram 12 duelos até que voltasse novamente a disputar todos os minutos possíveis de um jogo.

“É claro que me deixa contente voltar a jogar a partida toda. Todos sabem que tive uma lesão complicada no começo do ano passado, então tivemos que ir progredindo aos poucos. Mas, graças a Deus, agora me sinto recuperado e sei que posso ajudar o time, o que é o mais importante”, disse o meia.

Moisés também valorizou a vitória e falou sobre o receio do grupo que havia para manter a concentração nesta partida diante dos peruanos, já que o time está em meio a uma decisão do Campeonato Paulista, cuja finalíssima será disputada no próximo domingo (08), diante do Corinthians, no Allianz Parque.

“É uma vitória que mostra a força do grupo. Teve de rodar um pouco o elenco por causa do desgaste, e mostramos que temos um elenco muito qualificado. Fizemos um grande jogo, não deixamos a concentração cair. Fizemos um jogo muito equilibrado, tanto ofensivamente quanto defensivamente. Normalmente, depois de uma decisão, você desconcentra no jogo seguinte. Não deixamos isso acontecer”, declarou.

Ao longo de seus 70 jogos com a camisa do Verdão, o Profeta, como é chamado pela torcida, acumula 42 vitórias, 12 empates e 16 derrotas pelo clube, além de oito gols marcados. Vale lembrar que o jogador foi peça fundamental na campanha da conquista do Nacional de 2016, o nono título brasileiro do Verdão na história.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_