BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Copa do Brasil: Luan destaca atuação do Atlético (MG) no 2° tempo e Roger Guedes quer espaço no time

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Fortaleza, CE, 19 de abril de 2018

O atacante Luan destacou o desempenho do Atlético no segundo tempo do empate por 2 a 2 com o Ferroviário, na noite desta quarta-feira, em Fortaleza. O resultado garantiu a classificação do Galo para as oitavas de final da Copa do Brasil. Para Luan, que entrou em campo no intervalo da partida e deu mais estabilidade à equipe, o time entrou desatento no primeiro tempo, quando sofreu os dois gols, e soube reagir na etapa final, apresentando maior organização.

“Entramos com um time muito mexido e é difícil jogar. Sabemos que a equipe deles não é boba, tirou várias equipes, como Sport, que é um time tradicional do futebol brasileiro, e a gente sabia que seria difícil. Entramos desligados no primeiro tempo e, no segundo tempo organizamos a casa, achamos o que faltou no primeiro tempo, fizemos dois gols e poderíamos até ter feito mais”, avaliou.

Com boa atuação no empate por 2 a 2 com o Ferroviário, na noite desta quarta-feira, em Fortaleza, resultado que garantiu a classificação do Galo para as oitavas de final da Copa do Brasil, o atacante Róger Guedes espera aproveitar as próximas oportunidades e conquistar espaço na equipe.

Autor do primeiro gol alvinegro na partida, o jogador afirmou que está feliz no clube e agradeceu o apoio dos companheiros. “Fiquei muito feliz em poder ajudar a equipe hoje com um gol. Agradeço bastante a Deus e aos meus companheiros, que me ajudaram. Estou muito feliz aqui no Atlético, onde encontrei um grupo maravilhoso, e espero continuar assim daqui para frente, ajudando o time”, disse o jogador.

“O que me deixou mais feliz foi atuar 90 minutos, fazer o gol e ajudar a equipe. Deixamos muito a desejar no primeiro tempo, tomamos gols em erros bobos, o time também não tinha jogado junto ainda, mas o importante foi a classificação. Entramos com todo respeito ao Ferroviário, sabendo que eles poderiam surpreender como fizeram com o Sport. Mas a gente sabia que se desse um pouquinho a mais de sangue dentro de campo, nossa qualidade iria sobressair”, concluiu Róger Guedes.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_