BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Santos cria o Departamento de Avaliação, Captação e Transição de Atletas

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Santos, SP, 30 de abril

A fábrica de raios que é a base do Santos FC continua funcionando a todo vapor. Reconhecido mundialmente por revelar talentos, que em março de 2018 integrou o Departamento de Futsal ao Departamento de Futebol de base, agora inova como a criação do (DACTA) Departamento de Avaliação, Captação e Transição de Atletas.

Essa medida do Departamento do Futebol de Base, comandado pelo Gerente Executivo Marco Antônio Maturana, tem como principal objetivo desenvolver uma forma personalizada de descobrir, lapidar e recuperar atletas, que se enquadrem diretamente ao DNA ofensivo do Santos FC.

Maturana aposta nesta forma personalizada que irá fortificar ainda mais o clube.

“Por onde passamos, sempre somos questionados quanto ao segredo que o Santos tem em revelar. Na verdade não existe mágica. Aqui não temos medo de utilizarmos os jovens atletas. Aqui desde cedo nossos meninos da base vão trabalhando com os profissionais até adquirir experiência. O time profissional do Santos quase sempre é constituído com metade dos titulares com jogadores da categoria de base. Se paramos para pensar, do ano 2000 até 2018, as revelações são muitas: Robinho, Diego, Alex, André Luiz, Wesley, André, Rafael, Alan Patrick, Felipe Anderson, Danilo, Alex Sandro, Neymar, Ganso, Geovânio, recentemente o Daniel Guedes, Arthur Gomes, e agora o Rodrygo, que tem tudo para ser outro grande ídolo do torcedor santista. Em 1978, sem grandes investimentos e com um elenco limitado, buscamos reforços nascidos na própria Vila Belmiro. Foi quando surgiram jogadores como Juary, Nilton Batata, João Paulo´´, lembrou.

Desta maneira como um setor voltado exclusivamente para extrair esses jovens valores, o (DACTA) Departamento de Avaliação, Captação e Transição de Atletas, vai atuar em três frentes:

Avaliação

O trabalho de avaliação será voltado aos atletas que chegam ao Clube indicados por avaliadores credenciados e por nossas redes de Escolas de Futebol Franqueadas Meninos da Vila espalhadas pelo Brasil e Exterior.

E essa parceria tem dado retorno ao clube. Thiago Maia, por exemplo chegou ao Santos através de uma franquia. Outro jovem que está no clube atualmente e veio por intermédio de franquia, em Taubaté, é o atacante do Sub-15 Marcos Leonardo. Artilheiro e melhor jogador da Nike Premier Cup 2018, ele chegou ao Peixe em agosto de 2014, aos 11 anos, e foi descoberto pelo observador Guilherme Gomes.

Captação

O Santos já conta com avaliadores e parceiros credenciados, que trocam informações como as comissões técnicas do clube, o que facilita a busca pontual de um atleta para a posição desejada. Sendo assim, o inicio de trabalho é feito no local de origem onde o atleta atua.

Transição

O trabalho de transição é específico para atletas oriundos das categorias de base, que no momento não participam do trabalho juntos a sua respectiva categoria, e passarão por avaliações, físicas, treinos táticos e técnicos, buscando a evolução individual de cada atleta, para serem reintegrados ao grupo.

O treinador Reginaldo Lima, que estava à frente do Sub-23 do Santos, e o eterno ídolo Lima, serão os responsáveis por essa nova divisão das categorias de Base do Santos FC.

Fonte: Maikon Camargo – site oficial do Santos

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_