BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série C: Com sucessivas derrotas e a lanterna do Grupo A, Náutico demite o técnico Roberto Fernandes

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Recife, PE, 6 de maio de 2018

A diretoria do Náutico anunciou neste domingo (6/5) a demissão do técnico Roberto Fernandes. O auxiliar técnico Barata e o preparador físico Flavio Trevisan acompanham o treinador na saída. O motivo alegada é a campanha decepcionante na Série C do Campeonato Brasileiro, onde após quatro rodadas, ou sejam em 12 pontos disputados, o Timbu somou apenas um e ocupa a lanterninha do Grupo A, deixando a torcida preocupada com a possibilidade de rebaixamento para a última divisão nacional.

O fator decisivo para a demissão de Roberto Fernandes foi a surra que o Náutico levou do Confiança, no sábado (5), na Arena Pernambuco, quando apanhou por 4 a 2. E deixou a sua torcida revoltada, pedindo a cabeça de todo mundo no clube.

Neste domingo, de maneira resumida, e atendendo o apelo do torcedor, a diretoria do Náutico soltou a seguinte nota:

“A partir de hoje, o técnico Roberto Fernandes não estará mais à frente da equipe do Náutico. Queremos agradecer pelo profissionalismo e dedicação ao clube, tendo escrito definitivamente sua história aqui, coroada ao comandar o time no título Pernambucano deste ano, encerrando o mais longo jejum sofrido pelo Timbu em estaduais. Roberto foi um parceiro, conquistando não só o campeonato, mas o respeito de todos no grupo – dirigentes, atletas, funcionários. Merece a gratidão de cada alvirrubro, ele também um torcedor que saiu da arquibancada para oferecer sua força de trabalho ao clube de coração. O atual momento vivido neste início de Série C, no entanto, uma disputa que nos exige decisões ágeis, levou-nos ao entendimento com o treinador, que compreende as razões deste encaminhamento: é necessária uma reação imediata, uma retomada que, com a força e a raça demonstradas no estadual, leve o Náutico ao objetivo final nesta temporada: o acesso à série B. A luta tem prazo e se impõe. Acreditamos que, com a amizade e o respeito preservados, ou melhor, fortalecidos, o mais correto é seguirmos adiante, Roberto em novos desafios, o Náutico com um “novo início” no atual´´, justificou a diretoria.

Roberto Fernandes esteve à frente do Náutico desde o dia 2 de agosto de 2017, na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Desde lá, entre duelos pela Série B do ano passado e Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Campeonato Pernambucano e Série C deste ano, o treinador comandou a equipe por 52 jogos, com 20 vitórias, 14 empates e 18 derrotas. Comandou o time na conquista do Pernambucano 2018 e o levou até a quarta fase da Copa do Brasil.

O Náutico está em busca de um novo treinador para a sequência do Brasileiro. A expectativa da diretoria alvirrubra é anunciar o novo comandante nos próximos dias, para dar início à recuperação na competição nacional.

Fonte: assessoria de imprensa do Náutico

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_