BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Libertadores: Diego pede para Flamengo esquecer derrota no Brasileiro e focar no jogo com Emelec

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 14 de maio de 2018

O camisa 10 Diego voltou ao Flamengo no domingo, na derrota para a Chapecoense por 3 a 2, fora de casa, com boa atuação, muita movimentação e atuando os 90 minutos. A última partida do meia havia sido na vitória sobre o Ceará, em 29 de abril (3 a 0). Mesmo com ritmo abaixo, ele apareceu o jogo todo, arriscou, armou e procurou a melhor jogada para deixar os companheiros na cara do gol. No segundo tempo, tabelou com Marlos e o colombiano por pouco não chegou na bola antes do goleiro Jandrei.

O resultado não foi o melhor, mas para Diego, pessoalmente, valeu a volta. Porém, o jogador não ficou satisfeito com a derrota fora de casa que, se não tirou o Flamengo da liderança, deixou o Mais Querido com Corinthians e Atlético Mineiro na cola.

“Eu estou satisfeito por ter conseguido voltar em um prazo curto, me esforcei bastante para que isso pudesse acontecer. Me senti bem. Obviamente que, no decorrer dos jogos agora, e com os treinamentos, chegarei fácil aos 100%, mas hoje eu estava pronto para jogar. O resultado não foi o que gostaríamos, e por esse lado não fico satisfeito´´, disse o camisa 10, que pediu que a equipe tirasse lições da partida para o jogo decisivo de quarta-feira, contra o Emelec, quarta-feira, 21h45, no Maracanã.

“Não temos tempo para lamentar. Existe a insatisfação, sim. Hoje é dia de digerir a derrotar e nos levantarmos rapidamente, para que os erros cometidos hoje não se repitam. E, sem dúvidas, chegaremos para quarta-feira muito bem preparados´´, prometeu.

Derrota é sempre ruim, mas Diego observou que alguns pontos podem e devem ser estudados, principalmente visando a melhora da equipe já na próxima partida, como também no decorrer da temporada. Para o meia, a agressividade vai melhorar ainda mais.

“Em termos de eficiência e movimentação, podemos tirar proveito do jogo. Eles baixaram bastante as duas linhas de quatro para defender. Nós tivemos mais a posse de bola, mas faltava profundidade. No segundo tempo fizemos isso melhor. Podemos melhorar e precisamos ficar atentos´´, analisou Diego, garantindo que o resultado no Brasileiro não muda nada na preparação para quarta-feira.

“Não é esse tropeço que vai mudar alguma coisa. A equipe vem crescendo. Estamos preparados e chegaremos no próximo jogo fortes e prontos pata conseguir bom resultado. Nós temos elenco bem qualificado e jogadores que individualmente podem fazer a diferença. Continuamos com equipe perigosa e provamos isso. Apesar de termos tomado três gols, tivemos as oportunidades e fizemos dois. Temos o nosso tipo de jogo´´, concluiu.

 

 

Fonte: assessoria de imprensa do Flamengo

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_