BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Libertadores: Guerra busca vaga no time titular do Palmeiras no duelo contra o Junior Barranquila

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
São Paulo, SP, 15 de maio de 2018

A irregularidade do meia Lucas Lima, que ficou fora da lista dos 23 jogadores que o técnico Tite vai levar para a Copa do Mundo da Rússia, poderia te transformado o venezuelano Guerra em titular do meio de campo do Palmeiras. Porém, uma lesão durante treinamento, acabou impedindo do jogador ter a sua sonhada sequência de jogos. Mesmo assim, ele vem sendo aproveitado com frequência pelo técnico Roger Machado.

Agora, na partida decisiva contra o Junior Barranquila, nesta quarta-feira (16/5), às 21h45, no Allianz Parque, pela última rodada da fase de grupos, quando a vitória garante a melhor campanha entre os 32 participantes da primeira fase da Libertadores, pode ser significativa para Guerra. Afinal, ele pode ganhar a chance de entrar no time titular e, se corresponder, virar dono da posição.

Bastante utilizado pelo técnico Roger Machado em 2018, o meia Guerra, de 32 anos, um dos principais reforços do Palmeiras na temporada passada, demonstra enorme respeito pelas escolhas feitas pelo treinador. Mas entende que chegou o momento de se firmar entre os titulares.

“Lógico que quero ter mais oportunidades, quero ter uma sequência. Trabalho forte para jogar sempre. Mas, como falei, respeito a decisão da comissão técnica. Quero jogar e ajudar a equipe porque jogo de futebol não é só um jogador. Jogamos com 11, mas os que estão no banco e os que não estão sendo convocados também são importantes. Somos uma equipe, temos de fazer o melhor pelo Palmeiras, sempre respeitando a decisão da comissão técnica´´, afirmou Guerra.

Quem pensa na possibilidade de uma derrota do Palmeiras para eliminar o argentino Boca Juniors está enganado. Guerra afirma que é vencer ou vencer para o Palmeiras.

“Queremos vencer e ficar em primeiro lugar na classificação geral. Temos de vencer, independentemente se estão achando que o Palmeiras jogará com uma equipe suplente ou não. Aqui não tem jogador suplente, são 30 jogadores de alto nível. A equipe que entrar em campo terá de fazer o melhor para ganhar´´, falou.

Guerra, inclusive, alertou sobre o adversário colombiano.

“Eles querem classificar, fizeram investimento alto na Colômbia para jogar a Libertadores. Eles buscarão o jogo, isso é bom para a gente porque conseguiremos espaço e poderemos utilizar os contra-ataques´´, finalizou o meia.

O invicto Palmeiras é líder isolado do grupo 8 da Libertadores com 13 pontos em cinco jogos (quatro vitórias e um empate), seguido de Junior Barranquilla-COL, com sete, Boca Juniors-ARG, com seis, e Alianza Lima-PER, com um.


Fonte: assessoria de imprensa do Palmeiras

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_