BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Copa do Brasil: João Ricardo pede cabeça no lugar para o América-MG surpreender o Palmeiras

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Belo Horizonte, MG, 22 de maio de 2018

Três vitórias, um empate e duas derrotas. Com essa largada, o América Mineiro iniciou bem o Campeonato Brasileiro e ocupa o sexto lugar da competição, com 10 pontos. O último sucesso aconteceu no domingo, por 1 a 0, contra o Botafogo, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Após vencer Sport e Vitória, o Coelho conquistou sua primeira vitória diante de uma das grandes forças do futebol nacional e, isso, na opinião do goleiro João Ricardo, é fundamental.

“Acho que demos uma resposta importante aos críticos. Provamos que podemos jogar bem, com a bola no chão, impondo nosso ritmo que vem sendo treinado desde o começo do ano e, mesmo assim, superar equipes grandes do Brasil, como é o Botafogo. Nos preparamos muito para fazer boa campanha na Série A´´, afirmou o camisa 1 do time de Minas Gerais.

O resultado diante os cariocas foi importante também para João Ricardo no aspecto de terminar a partida sem ter sua meta vazada.

“Para um goleiro isso é importante. Não havia tido esse gosto desde que retornei de lesão e agora pude comemorar essa vitória importante e mais feliz ainda sem sofrer gol. Com a qualidade do nosso time, temos a consciência que quando isso acontece a vitória fica bem mais próxima´´, ressaltou o goleiro, que tem 188 jogos pelo América Mineiro.

Sem muito tempo para comemorar o sucesso contra o Botafogo, o América Mineiro retorna a campo nesta quarta-feira (23/5), às 21h45 para encarar o Palmeiras no Allianz Parque. A partida será a de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. No duelo de ida, os paulistas venceram por 2 a 1. Apesar da vantagem palmeirense, João Ricardo demonstra confiança na recuperação americana.

“Existe uma vantagem deles e sabemos das dificuldades por eles estarem atuando em casa e terem um dos melhores elencos do Brasil. Só que no futebol, não tem nada impossível. Se tivermos a cabeça no lugar, podemos sim fazer um grande jogo, complicá-los e sair de campo com a classificação´´, finalizou.

 

 

Fonte: AV

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_