BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Libertadores: Autor de 45% dos gols do Corinthians na competição, Jadson mira terceira melhor campanha

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
São Paulo, SP, 23 de maio de 2018

O meia Jadson vem sendo um dos grandes destaques da boa campanha do Corinthians na Copa Libertadores da América. Nada menos que cinco dos 11 gols do Timão no torneio saíram dos pés e da cabeça do camisa 10. Três deles, inclusive, aconteceram na goleada por 7 a 2 sobre o Deportivo Lara, no último dia 18 de maio, que garantiu a vaga antecipada do clube alvinegro para as oitavas de final da competição continental.

Após comemorar seu primeiro hat-trick com a camisa do Corinthians, o quarto na carreira, Jadson mira agora mais uma vitória na despedida da fase de grupos, nesta quinta-feira (24/5), contra o Millonarios, da Colômbia, às 21h30 (de Brasília), em Itaquera, para que o Timão termine com uma das melhores campanhas gerais, que dá a vantagem de decidir os duelos mata-matas em casa.

Se conquistar o triunfo, o time alvinegro chegará aos 13 pontos e ficará com a terceira ou quarta melhor campanha, já que o River Plate ainda podem terminar na frente do Timão caso vençam suas partidas contra Defensor e Flamengo, respectivamente. O paraguaio Libertad já soma 13 pontos, mas em critério de desempate perderia no saldo de gols para o Timão. O Palmeiras, com 16, já garantiu a liderança geral. E o Grêmio, com 14, a segunda.

“Sabemos como a Libertadores é complicada e todo o elenco está de parabéns pelos últimos resultados. Estou trabalhando firme e fico muito feliz por estar conseguindo ajudar o time. Já estamos classificados, mas ainda não garantimos a liderança do grupo e temos que vencer esse jogo. A partida também é muito importante para nosso futuro na competição. Nosso objetivo é melhorar a pontuação geral para poder decidir o maior número de mata-matas diante da nossa torcida, que sempre nos empurra demais. Sabemos que não depende apenas de nós, mas nosso foco agora é terminar com a terceira melhor pontuação da fase de grupos´´, afirmou o camisa 10.

Meia agradece e deseja boa sorte ao técnico Carille

Jadson também aproveitou para agradecer a confiança do treinador Fábio Carille e desejou muita sorte para o profissional na carreira.

“Eu só tenho a agradecer por tudo o que o Carille fez por mim. Foi ele quem pediu o meu retorno, ele quem confiou em mim e, nesse período em que trabalhei com ele como técnico, pude aprender muitas coisas. O Carille já provou toda a sua competência e tenho certeza absoluta de que fará muito sucesso na carreira.´´

Disputando a Libertadores pela segunda vez com a camisa do Corinthians, Jadson já marcou cinco gols em quatro jogos na atual edição. Em 2015, em um dos seus melhores anos da carreira, o meia fez dez jogos, marcou dois gols e deu cinco assistências, sendo o maior garçom do Timão no torneio.

Somando as duas edições já são sete gols em 14 jogos, o que o coloca como sexto maior artilheiro do Timão em Libertadores, empatado com Liedson. O meia, porém, tem melhor média de gols que o ex-atacante: 0,5 contra 0,37.

Luizão, com 15 gols em 12 jogos, é o líder do ranking. Atrás dele aparecem Marcelinho Carioca, com 11, além de Guerrero, Elias e Dinei, todos com oito.

Os três gols marcados no duelo contra o Deportivo Lara foram uma novidade para Jadson. O camisa 10 comemorou diante da equipe venezuelana seu primeiro hat-trick com a camisa do Timão.

Jadson, aliás, foi o sexto jogador a conseguir tal feito com a camisa alvinegra. Antes dele, somente Paulo Sergio, em 1991, contra o Bella Vista-URU; Fernando Baiano, em 1999, diante do Cerro Porteño-PAR; Dinei, no mesmo ano, contra o Olimpia-PAR; Luizão, duas vezes em 2000, diante da LDU e Olimpia; e Guerrero, em 2015, contra o Danubio, haviam conseguido.

Mas para o camisa 10 do Timão balançar as redes três vezes numa mesma partida não é novidade, afinal, foi a quarta vez na carreira que ele alcança tal feito. Em 2004, quando defendia o Atlético Paranaense, ele fez três gols contra o Corinthians e contra o Atlético Mineiro. Já em 2008, época em que representava o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, o meia fez três gols sobre o Basel, pela Champions League.

Vice-artilheiro do Corinthians na temporada

Jadson é o vice-artilheiro do Corinthians na temporada, com oito gols em 22 partidas, atrás apenas de Rodriguinho, que balançou as redes 10 vezes.

Além dos cinco pela Libertadores, o camisa 10 balançou as redes três vezes no Paulistão, sendo duas contra o São Caetano e uma no clássico diante do São Paulo. Além disso, o meia também já soma quatro assistências em 2018.

Maior goleador do atual elenco, com 42 bolas na rede, o camisa 10 já realizou 173 jogos pelo clube e também distribuiu 49 assistências.

Maiores artilheiros do Corinthians em Libertadores

1º – Luizão
15 gols
12 jogos
Média de 1,25

2º – Marcelinho Carioca
11 gols
31 jogos
Média de 0,35

3º – Paolo Guerrero
8 gols
12 jogos
Média de 0,66

3º – Dinei
8 gols
22 jogos
Média de 0,36

3º – Elias
8 gols
23 jogos
Média de 0,34

6º Jadson
7 gols
14 jogos
Média de 0,5

6º Liedson
7 gols
19 jogos
Média de 0,37

Números de Jadson pelo Corinthians na Copa Libertadores

Corinthians 2018
4 jogos
5 gols

Corinthians 2015
10 jogos
2 gols
5 assistências

Corinthians – Geral
14 jogos
7 gols
5 assistências

Jadson pelo Corinthians
173 jogos
42 gols
49 assistências
Uma participação direta em gol a cada 0,52 jogo

 

 

Fonte: Triple

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_