BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série B: Zagueiro Alemão liga o sinal de alerta para duelo catarinense do Avaí diante do Criciúma

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Florianópolis, SC, 29 de maio de 2018

O Avaí segue seu crescimento na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B e livrou na última sexta-feira (25) mais um pequeno tabu que carregava na temporada. A vitória diante do até então invicto Paysandu por 3 a 1 foi a primeira na Ressacada depois de dois meses. Agora, são seis jogos sem derrotas, com três vitórias consecutivas. Um dos líderes do elenco, o zagueiro Alemão, aponta que o objetivo precisa ser buscado jogo a jogo e mantém o foco no próximo duelo.

“No Avaí sempre foi assim, difícil, brigado até o fim, com entrega e raça, para conseguir os objetivos. Começamos a Série B oscilando, mas conseguimos encontrar novamente nosso bom futebol que já foi mostrado esse ano mesmo e em jogos importantes. É o começo da competição, porém, estamos onde queremos estar no final da temporada. Um passo de cada vez para continuarmos dando alegrias ao torcedor e tendo tranquilidade para trabalhar. Fizemos grande jogo diante do Paysandu, adversário direto no G4, que estava na nossa frente, invicto, conseguimos nos impor, como já havia sido no clássico fora de casa e diante do CRB. Agora já tem que olhar para frente e focar no Criciúma, porque sempre é diferente, por se tratar de duelo regional´´, salientou.

Contra o Tigre, será a 30ª partida de Alemão na temporada (ficou fora apenas de dois jogos do Leão). Com três gols em 2018, além da segurança defensiva e qualidade no desarme, o jogador é forte opção para a bola aérea ofensiva e cobranças de pênaltis na equipe do técnico Geninho. A crise do outro lado liga o alerta no defensor azzurra.

“Primeiro tem que pensar em não levar gol lá atrás. Sou zagueiro e a preocupação não está em fazer gols. Mas claro, todos gostam e isso é a tônica do futebol. Se eu puder ajudar a equipe, sempre é importante, seja com pênalti, gol de cabeça, enfim. Temos um jogo muito difícil e tenso. O fato do Criciúma não ter vencido ainda faz com que a gente precise entrar ainda mais focado, para não ser contra nós. Particularmente não penso muito nisso de bom momento ou mau momento de um ou de outro. Todos sabem da rivalidade que tem nesse confronto, eles têm jogadores experientes no elenco, que precisam do resultado também, então temos que manter nossa concentração o tempo todo para conseguirmos mais uma vitória, que nos dará condição muito boa na tabela´´, finalizou.

 

 

Fonte: Atlante

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_