BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Copa do Brasil Sub 20: Com o Morumbi lotado, o São Paulo atropela Corinthians e conquista tricampeonato

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
São Paulo, SP, 2 de junho de 2018

Foi um show de bola! Uma superioridade técnica e tática avassaladora. Nem parecia um clássico entre eternos rivais do futebol paulista, disputando final nacional. Principalmente porque no primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil Sub 20, o Corinthians havia vencido o São Paulo por 2 a 1, em Itaquera. Porém, o que se viu na manhã deste sábado (2/6), no Morumbi, na partida decisiva, foi um verdadeiro massacre. Jogando muita bola, o Tricolor atropelou o Timão com goleada por 4 a 0, e faturou o tricampeonato, pois já havia levantado o caneco da competição em 2015 e 2016. Gabriel Novaes (2), Carlos, contra, e Walce fizeram os gols

Disposto a dar o troco no rival, o São Paulo começou a partida a mil por hora, atacando, marcando pressão, perdendo gol e mandando bola na trave. Tudo isso em cinco minutos, pois logo aos seis o Tricolor abriu o placar com Gabriel Novaes. Com a vantagem, o Corinthians se perdeu em campo e recuou. Tentou melhorar a marcação e não conseguiu.

Sem dar oportunidade para o adversário respirar e depois de perder alguns gols, além de mandar outra bola no travessão, o São Paulo ampliou na reta final do primeiro tempo. Aos 45, Carlos foi querer sair jogando na defesa, Toró roubou a bola e quando iria fazer o gol, o jogador do Corinthians deu o carrinho e marcou contra: 2 a 0.

Entregue e sem força taticamente, o Corinthians levou um passeio no segundo tempo. De tanto pressionar, o São Paulo ganhou falta de média distância. O zagueiro Walce, garoto da Seleção Brasileira Sub 20, bateu bem na bola e marcou um golaço, aos 12 minutos: 3 a 0.

Enquanto os torcedores fazia festa no Morumbi e gritavam é campeão, o zagueiro Ronald, do Corinthians, que tinha amarelo e abusava dos pontapés, foi expulso merecidamente. E o passeio virou massacre com outro golaço. Aos 22 minutos, o goleiro Diego saiu para cabecear e impedir o contragolpe do São Paulo. Esperto, Gabriel Novaes ficou com a bola e, por de cobertura, completou para o fundo da rede esbanjando categoria: 4 a 0.

Depois, já com muitos reservas em campo dos dois lados, o São Paulo criou e desperdiçou outras boas chances para ampliar a goleada. E o Corinthians, sem forças, só tentou evitar um massacre ainda maior.

 

 

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_