BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Búlgaro: Após deixar a diretoria do Fluminense, Paulo Autuori volta a ser treinador no Ludogorets

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Razgrad, BUL, 6 de junho de 2018

 

Após deixar o Fluminense, Paulo Autuori, que havia deixado o banco de reservas para virar ocoordenador técnico do Fluminense, voltará a trabalhar como treinador. Mas fora do Brasil! Nesta quarta-feira (6/6), ele foi anunciado pelo Ludogorets, da Bulgária.

“É uma honra estar aqui e me tornar parte de projeto ambicioso do Ludogorets. Nos meus 43 anos de carreira, aprendi que tudo pode acontecer. Eu sei que quero estar nessa posição. Gastei meus últimos anos como manager no Brasil e sempre trabalhei em bons projetos. Quero que o time cresça e seja um sucesso´´, disse Autuori.

Sete vezes campeão nacional, o Ludogorets vem ganhando espaço no cenário europeu com participações em Liga dos Campeões e Liga Europa. O clube aposta muito nos brasileiros: na última temporada foram oito no elenco (o goleiro Renan (ex-Botafogo); os zagueiro Rafael Forster (ex-Inter), o lateral Cicinho (ex-Santos), os meias Natanael (ex-Atlético-PR), Lucas Sasha (ex-Barueri), Gustavo Campanharo (ex-Juventude), Wanderson (ex-Portuguesa) e os atacantes Marcelinho (ex-Bragantino) e João Paulo (ex-ABC).

Paulo Autuori, aos 61 anos, chega para assumir o cargo de Dimitar Dimitrov. Com a experiência de quem trabalhou no Japão, Peru, Catar e Portugal, o treinador tem como ápice da carreira as conquistas da Libertadores e Mundial de Clubes de 2005, pelo São Paulo.

“Eu já tenho uma equipe selecionada para trabalhar e terei a ajuda do Metodi Tomanov. Estou feliz por estar neste país e fazer parte deste time´´, completou.

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_