BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Invicto há cinco jogos pelo Cruzeiro, Bruno Silva tem boas lembranças diante da Chapecoense

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Belo Horizonte, 8 de junho de 2018

Campeão mineiro, classificado paras as oitavas de final da Libertadores, com boa vantagem para avançar às quartas de final da Copa do Brasil e em quinto lugar da Série A. Esse é o balanço até então do Cruzeiro em 2018, uma temporada que vem sendo bastante positiva para a Raposa. Nos últimos jogos, quem vem ganhando bastante espaço no elenco comandado por Mano Menezes é o volante Bruno Silva.

Nas últimas cinco partidas que esteve em campo, Bruno Silva não foi derrotado. Foram quatro vitórias e um empate. Além do retrospecto, o camisa 20 foi decisivo marcando o gol da vitória diante do Santos e dando assistência para Sassá garantir a vitória cruzeirense contra o Ceará.

“Trabalhei muito para viver esse momento que estou passando no Cruzeiro. O começo não foi como eu espera, mas sabia do meu potencial e não desanimei. Continuei treinando forte, pois sabia que quando tivesse uma nova sequência não poderia decepcionar. E foi o que aconteceu. Nos jogos recentes que atuei o time não foi derrotado e, de quebra, pude ajudar fazendo gol e dando assistência. Estou bastante feliz e quero dar sequência nessa boa fase´´, declarou o atleta, que tem 17 jogos e só uma derrota pela Raposa.

Neste sábado (9/6), na Arena Condá, às 19 horas, Bruno Silva volta a campo e irá encarar um velho conhecido. Afinal, ele teve 53 partidas com a camisa da Chapecoense, sendo decisivo para manutenção do time na Série A em 2013 e 2014.

“Foi uma passagem importante pela Chapecoense. Mesmo como volante, marquei cinco gols em partidas do Brasileirão. Pude ajudar bastante a equipe não ser rebaixada e dei minha contribuição para a consolidação do clube no cenário nacional. Até hoje tenho amigos em Chapecó e para mim sempre é especial atuar na cidade´´, admitiu o camisa 20.

Bruno Silva teve uma bela passagem pela Chapecoense, mas a torcida alviverde também já sofreu com o volante. No ano passado, por exemplo, pelo Botafogo, deu uma assistência que garantiu a vitória carioca na Arena Condá. Quando vestiu a camisa do Avaí marcou gol na casa da Chape e também no estádio conquistou uma classificação para a final do Campeonato Catarinense de 2012.

“Tenho um histórico bastante positivo na Arena Condá, seja jogando pela própria Chapecoense, ou quando tive oportunidade de atuar pelo Botafogo e Avaí. Agora visto a camisa do Cruzeiro e espero que mais uma vez tenha bom desempenho e possa aumentar a série invicta, deixando o Cruzeiro entre os primeiros colocados do Brasileirão´´, finalizou Bruno Silva.

 

 

Fonte: AV

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_