BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Mauricio Barbieri elogia atitude do líder Flamengo e quer aproveitar bem a parada para Copa

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Rio de Janeiro, RJ, 14 de junho de 2018

O líder Flamengo obteve importantíssimo resultado fora de casa na 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O empate em 1 a 1 com o Palmeiras, quarta-feira (13/6), fora de casa, manteve o time na frente na tabela, ampliando para quatro pontos a distância contra os segundo colocados, Atlético-MG e São Paulo, próximo adversário após a pausa na Copa do Mundo. Para o técnico Mauricio Barbieri, o resultado deve ser celebrado, embora a equipe tenha buscado a vitória. As circunstâncias da partida provocaram a igualdade no final, o que acabou melhor para os rubro-negros.

“Sabemos que é difícil jogar em São Paulo. O Palmeiras tem elenco complicado. Entramos com time de garotos, seis jogadores jovens mesclando com a experiência de Everton Ribeiro, por exemplo. Tivemos altos e baixos, em alguns momentos o Palmeiras foi melhor. Tivemos uma chance clara com Vinicius Junior para vencer a partida, mas infelizmente a bola não entrou´´, disse Barbieri, prometendo melhorar ainda mais o desempenho do time durante a parada para Copa e lamentando a confusão no final da partida.

“Lamento muito. Até onde sei, (as expulsões) foram justas, exceto a do Henrique Dourado. Ele não agrediu ninguém e ainda levou um soco, inclusive estava no vestiário levando gelo. Ele foi separar e acabou apanhando. As demais fazem parte do jogo´´, completou.

O Flamengo agora não terá mais Felipe Vizeu entre seu elenco. O atacante irá para a Udinese, na Itália, e fez cotra o Palmeiras a sua última partida pelo clube. Outro jogador que pode sair é Vinicius Junior. Para Barbieri, isso faz parte do mercado mundial do futebol. Novamente perguntado sobre o assunto, ele mais uma vez mostrou o sentimento do clube, mas há fatores com os quais não há como lutar.

“Eu gostaria muito que os jovens pudessem ficar, mas existe a questão financeira. O cenário é para eles saírem. O desejo, entretanto, era de que eles ficassem, mas a atual conjuntura faz com que mandemos nossos talentos para a Europa´´, concluiu.

Em relação a ser o melhor time do Brasil na atualidade, Mauricio Barbieri preferiu ser comedido.

“O Flamengo é o líder do campeonato. Falar que é o melhor do Brasil sai da imprensa. Temos que manter o nível após a Copa e tem muito a crescer ainda´´, disse o treinador, afirmando que a ausência de Diego não foi notada na partida contra o Palmeiras.

“A ausência do Diego não mudou a postura do time. Qualquer equipe sentiria a falta do Diego. Nós também. Mas dentro das circunstancias, fizemos um jogo muito bom. Queríamos a vitória, mas dentro do que foi a partida, o empate foi satisfatório´´, explicou.

Fonte: assessoria de imprensa do Flamengo

 

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_