BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Copa do Mundo: Cueva perde pênalti, Peru falha muito nas finalizações, e Dinamarca festeja a vitória

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Saransk, RUS, 16 de junho de 2018

Não foi como a torcida esperava o retorno do Peru a Copa do Mundo após 36 anos de ausência. Cueva, que joga no São Paulo, sofreu e perdeu uma penalidade. A equipe criou e desperdiçou inúmeras chances de gol. E acabou perdendo para a Dinamarca por 1 a 0, gol de Poulsen, neste sábado (16/6), na Arena Mordóvia, em Saransk, pelo Grupo C. Na outra partida, a França superou a Austrália por 2 a 1. Franceses e dinamarqueses lideram a chave, com três pontos.

Enquanto a Dinamarca optou pela posse de bola, o Peru usou a velocidade para buscar os contra-ataques. E teve boas oportunidades. Na melhor delas, no primeiro tempo, Carrillo exigiu grande defesa do goleiro Schmeichel.

Sem criatividade e finalizando pouco, a Dinamarca pouco incomodou no ataque. Melhor em campo, o Peru tirou proveitou do VAR para ter um pênalti a seu favor. Cueva foi derrubado na área, mas o árbitro não marcou. Depois ele foi alertado para ver o lance na televisão e, com o recurso, anotou a penalidade. O próprio Cueva cobrou, mas isolou a bola por cima do travessão. Abalado, no intervalo do jogo, o são-paulino precisou ser consolado pelos companheiros.

O Peru voltou melhor também no segundo tempo e teve boa chance com Flores, que falou na finalização. A Dinamarca, que pouco havia atacado, teve inteligência para puxar contra-ataque e com Eriksen, que deu belo passe para Poulsen abrir o placar: 1 a 0, aos 13 minutos.

Em seguido, o técnico Ricardo Gareca colocou Guerrero em campo e o Peru continuou melhor. Criou e finalizou inúmeras vezes, mas não conseguiu chegar ao empate.

FICHA TÉCNICA

PERU 0 X 1 DINAMARCA

Grupo C – Primeira Fase
Local: Mordovia Arena, Saransk
Árbitro: Bakary Gassama (GAM)
Cartões amarelos: Tapia (PER) e Delaney (DIN)
Gol: Poulsen , aos 13 minutos do segundo tempo

Peru
Gallese; Advíncula, Rodríguez, Ramos e Trauco; Tapia (Aquino), Yotún, Carrillo e Cueva; Flores (Guerrero) e Farfán (Ruidíaz)
Técnico: Ricardo Gareca

Dinamarca
Schmeichel; Dalsgaard, Kjaer, Christensen (Jorgensen) e Larsen; Kvist (Schöne), Delaney, Eriksen e Poulsen; Jorgensen e Sisto (Braithwaite)
Técnico: Age Hareide

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_