BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Rússia 2018: Com muito sofrimento, Espanha vence Irã com gol salvador do artilheiro Diego Costa

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Kazan, RUS, 20 de junho de 2018

Foi com muito sofrimento! E até sufoco na reta final do segundo tempo, quando foi pressionado e correu o risco de sofrer o gol de empate. Mas com bela jogada do craque Iniesta e a sorte do artilheiro Diego Costa, que na disputa com o zagueiro, após lindo giro, conseguiu que a bola explodisse em sua perna e entrasse, a Espanha venceu Irã por 1 a 0, nesta quarta-feira (20/6), pela segunda rodada do Grupo B.

Agora, Espanha e Portugal dividem a liderança com quatro pontos e o mesmo saldo de gols: dois. Mas nenhuma está classificada, pois o Irã, com três pontos, vem logo atrás. Eliminado está apenas o Marrocos. Na última rodada da fase de grupos, na segunda-feira (25), os espanhóis encaram os marroquinos, enquanto haverá um duelo espetacular entre portugueses e iranianos.

O primeiro tempo foi fraco tecnicamente. Não pela qualidade dos jogadores da Espanha. Muito pelo contrário! É que a marcação do Irã infernizou a vida de todo mundo, com praticamente os 10 jogadores de linha atrás do meio-campo. A seleção espanhola chegou a ter mais de 80% de posse de bola, mas teve dificuldades para entrar na área e finalizar.

Aos 24 minutos, David Silva, em cobrança de falta que desviou na barreira, exigiu defesa do goleiro Beiranvand. Aos 29, após desviou de cabeça de Diego Costa, David Silva, de puxeta, quase marcou. E, aos 46, outra vez com David Silva, a Espanha teve chance de abrir o placar.

Na etapa final, a partida só mudou após a Espanha abrir o placar logo aos oito minutos. Em bela jogada de Iniesta, que meteu a bola na medida para Diego Costa, ele girou com muita categoria, mas Ramin chegou para cortar, chutou a bola na perna do brasileiro naturalizado espanhol, que ganhou força e entrou: 1 a 0.

Em desvantagem, o Irã trocou o ferrolho defensivo por uma proposta de jogo mais ousada. E apareceram boas chances de gols para as duas seleções. Os iraniano chegaram a marcar o gol de empate, que foi muito comemorado. Mas Ezatolahi estava impedido, o bandeira deu e o árbitro, pedindo ajuda do VAR, anulou corretamente.

Na base do tudo ou nada, o Irã ainda criou boas chances para empatar. Mas a Espanha, com valorização da posse de bola, segurou a vitória por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA

IRÃ 0 X 1 ESPANHA

Estádio: Arena Kazan
Árbitro: Clement Turpin (FRA)
Gol: Diego Costa, aos oito minutos do segundo tempo
Cartão amarelo: Amiri e Omid (Irã)

IRÃ
Beiranvand; Ramin, Hosseini, Pouraliganji e Hajsafi (Mohammadi); Omid, Ezatolahi, Ansarifard (Alireza), Mehdi e Amiri (Ghoddos); Serdar
Técnico: Carlos Queiróz

ESPANHA
De Gea; Carvajal, Piqué, Sérgio Ramos e Jordi Alba; Busquets, Iniesta (Koke), David Silva, Isco e Lucas Vásquez (Asensio); Diego Costa (Rodrigo)
Técnico: Fernando Hierro

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_