BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série B: Ivan lamenta empate nos acréscimos sofrido pela Ponte Preta e fala em corrigir os erros

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Campinas, SP, 21 de junho de 2018

A Ponte Preta caminhava para conquistar mais três pontos na Série B do Campeonato Brasileiro, em casa, contra o CSA-AL, quando tomou o empate, já nos acréscimos da partida. Com o empate por 1 a 1, a Macaca ficou nos 15 pontos e está apenas na décima posição antes do desfecho da 12ª rodada. Agora, o próximo desafia da equipe será apenas no dia 30 de junho, contra o Figueirense, que está dentro do G4, fora de casa, jogo que para o goleiro Ivan é crucial voltar a vencer para se aproximar dos primeiros colocados.

“É de suma importância conquistar os pontos em casa e não conseguimos isso na última terça-feira, mas na nossa campanha até aqui quando perdemos em casa, lutamos para recuperar fora. É o que precisamos fazer´´, pontua o camisa 1, que na última rodada fez mais uma vez ótimas defesas, entre elas a de um pênalti que ele mesmo cometeu.

“No lance do pênalti fiquei meio chateado, foi um lance meio que imprudente meu, mas felizmente fiz a defesa. Mas não saímos com a vitória, o mais importante era isso. Agora temos 10 dias para preparar e buscar a vitória contra o Figueirense lá´´, reforça.

O goleiro fala em tranquilidade e em corrigir os erros para a partida contra o Figueirense.

“Quando perde, perdem todos, quando ganha, ganham todos. O jogo na terça estava equilibrado. Tomamos pressão por causa da expulsão e tomamos o gol em infelicidade no final do jogo. Fica o sentimento de frustração pelo empate, pois a gente queria muito essa vitória. A gente estava ganhando o jogo, temos que ter mais tranquilidade. Eu mesmo quando fiz o pênalti fiquei em dúvida se ia tomar o cartão. Temos que ser mais maduros e vamos trabalhar para que isso não aconteça mais´´, ressalta.

Ivan reitera que o time precisa aproveitar o período sem jogos para trabalhar bastante e corrigir os erros para buscar equilíbrio. E finaliza falando sobre a expectativa dele para a volta da torcida alvinegra ao estádio, em julho.

“A torcida vai voltar e isso nos ajuda muito, é nosso décimo segundo jogador e joga junto com o time por ser apaixonada. É refletir e ver o que estamos fazendo de bom e ruim para acertar o quanto antes´´, conclui.



Fonte: assessoria de imprensa da Ponte

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_