BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Rússia 2018: Os líderes Japão e Senagal empatam e a definição do Grupo H vai para a última rodada

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
Ecaterimburgo, RUS, 24 de junho de 2018

Depois de vencerem Colômbia e Polônia na primeira rodada do Grupo H, respectivamente, os líderes Japão e Senegal fizeram partida movimentada e repleta de lances de gols. O empate por 2 a 2, neste domingo (24/6), em Ecaterimburgo, levou as seleções aos quatro pontos e com a possibilidade de jogarem pelo empate, na última rodada, para carimbarem a sua classificação para as oitavas de final. Agora, na próxima quinta-feira (28), às 11 horas, os japoneses encaram a Polônia, em Volgogrado, enquanto os senegaleses medem forças com a Colômbia, em Samara.

Senegal abriu o placar logo aos 10 minutos do primeiro tempo graças ao vacilo do goleiro japonês. Wague cruzou, Haraguchi desviou de cabeça e Sabaly finalizou fraco. Mas Kawashima rebateu bola fácil, que explodiu em Mané e foi para o fundo da rede: 1 a 0.

Sem perder tempo, o Japão mostrou poder de reação e foi à luta. Passou a ditar o ritmo de jogo e empatou aos 33 minutos. Nagatomo errou o domínio da bola, que sobrou para Inui deixar tudo igual: 1 a 1.

No segundo tempo, o Japão teve as melhores chances de gol e tomou conta do jogo. Depois de Osako perder gol inacreditável e Inui carimbar o travessão, a bola puniu e Senegal chegou ao segundo gol. Aos 25 minutos, Sabaly cruzou, Niang desviou e Wague acertou belo chute: 2 a 1.

No peito e na raça, Japão continuou martelando no ataque e empatou aos 32 minutos. Osako cruzou, o goleiro N’Diaye vacilou na saída de bola, Inui recuperou e cruzou, agora do lado esquerdo, e Honda, que havia entrado no segundo tempo, voltou a igualar o placar: 2 a 2.

FICHA TÉCNICA

JAPÃO 2 x 2 SENEGAL

Local: Estádio Principal, em Ekaterinburgo (Rússia)
Árbitro: Gianluca Rocchi (Itália)
Cartões amarelos: Inui, Hasebe (JAP); Niang, Sabaly, N’Doye (SEN)
Público: 32.572 pessoas
Gols: Mané, aos 10; e  Inui, aos 33 minutos do primeiro tempo. Wangue, aos 25; e Honda, aos 32 minutos do segundo tempo

JAPÃO
Kawashima; Sakai, Yoshida, Shoji e Nagatomo; Hasebe, Shibasaki, Haraguchi (Okazaki), Kagawa (Honda) e Inui (Usami); Osako
Técnico: Akira Nishino

SENEGAL
Khadim N’Diaye; Wagué, Sané, Koulibaly e Sabaly; Pape N’Diaye (N’Doye), Alfred N’Diaye (Kouyate) e Gana; Ismaila, Niang (Sarr) e Mané
Técnico: Aliou Cissé

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_