BUSCAR NOTÍCIA

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_

Série A: Com escalações diferentes em cada tempo, Palmeiras vence Deportivo Árabe jogando no Panamá

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

Da Redação
São Paulo, SP, 1º de julho de 2018

Em amistoso internacional, com o objetivo de colocar o elenco do Palmeiras em ritmo de jogo, a equipe entrou em campo na noite de sábado (30/6). Com escalações diferentes em cada tempo, para valorizar a força do elenco, o Verdão venceu por 2 a 0 o Árabe Unido, do Panamá, no Estádio Rommel Fernandez. Os gols foram marcador por Hyoran e Willian, ainda no primeiro tempo.

No primeiro duelo do Palmeiras no Panamá em toda a sua história, o time comandado por Roger Machado está participando de intertemporada – devido ao período de pausa no calendário oficial do futebol brasileiro, por conta da Copa do Mundo de 2018, que está sendo disputada na Rússia. Nesta viagem, o Verdão ainda vai realizar mais dois amistosos: um no próprio Panamá, contra o Independiente de Medellín-COL, e outro na Costa Rica, contra o clube local Liga Alajuelense (que disputa a primeira divisão do país).

O Palmeiras começou o duelo com Weverton, Marcos Rocha, Edu Dracena, Luan e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés; Hyoran, Willian e Dudu.

Podendo fazer 11 substituições cada time neste amistoso, o Palmeiras voltou para o segundo tempo com o time totalmente diferente, com exceção do goleiro Weverton. Na etapa final a escalação foi Mayke, Pedrão, Thiago Martins e Emerson Santos; Jean, Lucas Lima, Thiago Santos e Vitinho; Artur e Deyverson. Mais tarde, entrou o jovem Yan, das categorias de base alviverdes (que, desta vez, viajou com o time profissional), no lugar de Vitinho.

Individualmente, alguns jogadores tiveram algo a mais a comemorar: o zagueiro Pedrão e o atacante Yan estrearam com a camisa do Palmeiras, além de Vitinho, que estreou na temporada (oriundo da base, o atleta já havia disputado oito partidas no time profissional entre 2016 e 2017, mas, em seguida, foi emprestado ao FC Barcelona, e agora retornou ao clube). Vitinho, aliás, participou da campanha vitoriosa do Brasileirão de 2016, atuando em duas partidas.

O atacante Willian é outro jogador que, individualmente, pôde sair de campo comemorando. O atleta tem números impressionantes! Apenas 23 minutos foram suficientes para que o jogador balançasse as redes pela sexta vez nos últimos cinco jogos: antes disso, o camisa 29 havia marcado duas vezes contra o São Paulo (vitória por 3 a 1), outras duas contra o Grêmio (triunfo por 2 a 0), não marcou contra o Ceará, mas, contra o Flamengo, foi autor do tento que garantiu a soma de ponto ao Alviverde (empate por 1 a 1) – todos estes duelos foram válidos pelo Brasileiro.

Felipe Melo também teve motivo para sair feliz de campo: o jogador foi o capitão (pela segunda vez no ano). Já há alguns jogos, o treinador Roger Machado vem promovendo um rodízio com faixa de capitão: em partidas anteriores, Victor Luís, Willian, Bruno Henrique, Edu Dracena, Fernando Prass, Marcos Rocha, Dudu – por 27 vezes –, e Moisés – por três vezes – também já usaram em seus braços a faixa. Na segunda etapa Jean vestiu a braçadeira.

O Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Independiente de Medellín-COL, também no Panamá.

O jogo

O Palmeiras iniciou com tranquilidade. Apesar do caráter amistoso, as duas equipes mostraram grande vontade de vencer. Ditando ritmo cadenciado na partida, o Palmeiras não sofreu sustos durante todo o primeiro tempo. Teve domínio completo do jogo.

O primeiro gol veio aos 13 minutos, após cobrança lateral de Dudu para Willian. O dono da camisa 29 dominou e passou de três dedos para Hyoran, que empurrou para o fundo do gol.

Trabalhando o toque de bola e armando jogadas de ataque, aos 23 minutos o Verdão fez 2 a 0: desta vez, com Willian. Garçom do primeiro, o atacante recebeu Victor Luis, que vinha embalado em velocidade pela esquerda, e, de pé direito, não desperdiçou. A bola entrou no cantinho do goleiro panamenho.

Até o fim da primeira etapa, o Palmeiras mostrou seu bom futebol, no entanto, sem avançar com jogadas perigosas. O Verdão preferiu administrar o resultado e evitar fortes divididas, a fim de não sofrer lesões durante a excursão. Mesmo assim, o time não perdeu seu brio, e cansou seu adversário, obtendo posse de bola bem maior do que a do rival.

No segundo tempo, o Palmeiras – completamente mudado, com exceção do goleiro Weverton – praticamente manteve o ritmo de jogo que vinha sendo apresentado nos derradeiros minutos da etapa anterior. Aos 34 minutos, o atacante Yan, integrante da equipe Sub 20 do Verdão, entrou em campo no lugar de Vitinho.

Com a vantagem obtida no primeiro tempo, o time de Roger Machado segurou o resultado até os últimos minutos de jogo. Sem sofrer nenhum susto ao longo de toda a partida, o placar final da partida terminou mesmo com 2 a 0 a favor do Verdão.

 

 

Fonte: assessoria de imprensa do Palmeiras

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM_